Sábado, 25th Maio 2019
7:19:38am
Por fim de jejum de triunfos, Vitória encara o Confiança na Copa do Nordeste

Por fim de jejum de triunfos, Vitória encara o Confiança na Copa do Nordeste

Seis de fevereiro. Há exatos 36 dias, o Vitória batia o Jequié por 4 a 0, pelo Campeonato Baiano, o último triunfo do rubro-negro. Desde então, foram disputados sete jogos, com quatro empates e três derrotas. Nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), o time de Marcelo de Chamusca encara o Confiança, no Batistão, em Aracaju, para encerrar o jejum que dura mais de um mês.

A partida é válida pela 5ª rodada da Copa do Nordeste, competição em que o Vitória ainda não venceu. Dos cinco jogos realizados, foram quatro empates e uma derrota, desempenho ruim, que coloca a equipe baiana na 5ª posição do Grupo A, com quatro pontos. O CRB, 4º colocado, tem um ponto a mais que o Rubro-Negro.

A pressão por triunfos é grande, mas já esteve maior. No último domingo, o time conseguiu fazer um bom primeiro tempo no clássico contra o Bahia e segurou um empate sem gols na Arena Fonte Nova, com torcida única tricolor. O resultado diminuiu as cobranças sobre Marcelo Chamusca, mas o treinador segue com a exigência de fazer o time render mais.

Para tentar conquistar o primeiro triunfo na Copa do Nordeste, Chamusca contará com os retornos dos volantes Léo Gomes e Rodrigo Andrade, que não atuaram no domingo por suspensão. Porém, Yago, com dores no joelho, e Benítez, com desconforto muscular, não treinaram na última terça-feira e não têm presença garantida na partida.

Existe a possibilidade de o treinador promover a estreia do zagueiro Victor Ramos. Anunciado na segunda-feira, ele treinou com o grupo ao longo da semana e já tem entrosamento com Edcarlos. Os dois atuaram juntos no Goiás em 2018.

A tendência é que Chamusca monte o Vitória com Ronaldo; Jeferson, Edcarlos, Ramon (Victor Ramos) e Juninho; Léo Gomes, Rodrigo Andrade, Andrigo, Matheus Rocha e Erick; Neto Baiano.

Em recuperação de lesão muscular, Ruy segue fora. O meia está em fase de transição.

O jogo
Confiança x Vitória, pela 6ª rodada da Copa do Nordeste;
Quando: Quinta-feira, 14 de março, às 21h30 (de Brasília);
Onde: Batistão, Aracaju;
Provável escalação do Vitória: Ronaldo; Jeferson, Edcarlos, Ramon (Victor Ramos) e Juninho; Léo Gomes, Rodrigo Andrade, Andrigo, Matheus Rocha e Erick; Neto Baiano;
Desfalques do Vitória: Ruy (lesão muscular);
Pendurados do Vitória: Hebert, Leandro Vilela e Rodrigo Andrade;
Arbitragem: Jose Henrique de Azevedo Junior apita a partida, auxiliado por Antônio Adriano de Oliveira e Antônio Fernando de Sousa Santos. O trio é do Maranhão.

Fonte: GloboEsporte.com

Itens relacionados (por tag)

  • Vitória é goleado pelo Fortaleza e se despede da Copa do Nordeste

    Em noite de péssima atuação, o Vitória não resistiu e foi eliminado nas quartas de finais da Copa do Nordeste, nesta segunda-feira, 8, após ser goleado pelo Fortaleza por 4 a 0, na Arena Castelão. Os gols da equipe cearense foram marcados por Junior Santos (2), Edinho e Dodô. Com o resultado, além de cair nas três principais competições disputadas no 1º semestre (Baianão, Copa do Brasil e Nordestão), o Leão chegou a 12 jogos sem vencer na temporada.

    Agora, o Rubro-Negro terá um longo tempo de preparação até a sua estreia na Série B do Brasileirão, que ocorre no próximo dia 27 (sábado), às 11h, contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto.

    Jogo

    Sem chegar com perigo ao gol do Fortaleza, o Vitória foi a apático na primeira metade do jogo. O Rubro-Negro viu o Tricolor cearense subir sua marcação e 'engolir' qualquer possibilidade de criação de seu setor ofensivo. Assim, aos 27 minutos, Junior Santos apareceu mais alto que todo o sistema defensivo do Leão e cabeceou sem chances para o goleiro João Gabriel.

    A equipe baiana seguia sem conseguir criar e, menos de dez minutos depois, o Tricolor cearense ampliou. Aos 36 minutos, Osvaldo chegou até a linha de fundo com facilidade e rolou para Junior Santos marcar o segundo gol na partida.

    Com o fim do primeiro tempo, a esperança do torcedor Rubro-Negro era que o treinador Cláudio Tencati conseguisse arrumar o time para a segunda etapa. Coisa que não aconteceu. Aos 4 minutos, Junior Santos puxou o ataque em velocidade, rolou a bola para Edinho e o meia, cara a cara com João Gabriel, finalizou para fora.

    A situação era tão delicada para o Vitória, que a primeira finalização a gol só ocorreu aos 7 minutos da etapa final. Após falta sofrida por Dudu Vieira, estreante da noite, Neto Baiano mandou uma bomba no centro do gol, mas o goleiro Marcelo Boeck fez a defesa .

    Aos 13 minutos, Osvaldo recebeu a bola após linda inversão de jogo de Edinho e acertou a trave do João Gabriel. O arqueiro Rubro-Negro apareceu mais uma vez os 21 minutos. Osvaldo avançou e rolou a bola para a aproximação de Tinga, que encheu o pé para linda defesa do goleiro.

    Na metade da segunda etapa, a torcida do Fortaleza já comemorava na Arena Castelão. Com isso, aos 39 minutos, após falha da defesa da equipe baiana, Edinho saiu livre de marcação e só teve o trabalho de mandar para o fundo das redes.

    Aos 44 minutos, Victor Ramos parou o contra-ataque puxado por Marcinho e levou cartão vermelho. Na sequência, Dodô bateu a falta com categoria, sem chances para João Gabriel, sacramentando a goleada e eliminação da equipe Rubro-Negra.

    Fonte: A Tarde

  • Vitória anuncia contratação do técnico Cláudio Tencati

    O Vitória tem um novo treinador. Trata-se de Claudio Tencati, de 45 anos. Ele chega para substituir Marcelo Chamusca, demitido do cargo na última segunda-feira (18). O anúncio foi feito pelo clube nesta terça-feira (19) por meio do site oficial da agremiação.

    Tencati assinou contrato com o Vitória até o final da Série B. Ele desembarca em Salvador na noite desta terça-feira (19) e começa a trabalhar na quarta (20).

    A estreia de Tencati no comando técnico do Vitória será contra o ABC, sábado (23), às 16h, no Frasqueirão, em Natal (RN), pela sétima rodada da Copa do Nordeste.

    Claudio Tencati ganhou notoriedade no Londrina, onde ficou por seis anos e se tornou o treinador mais longevo do Brasil. No clube paranaense, ele conquistou os acessos à Série C, em 2014, e à Série B, em 2015. Em 2017, o treinador foi campeão invicto da Primeira Liga. Seu último trabalho foi no Atlético Goianiense.

  • Vitória perde para o Moto Club e dá adeus à Copa do Brasil

    Não deu para o Vitória. Em duelo disputado nesta quarta-feira (13), no Castelão, em São Luís (MA), o rubro-negro baiano perdeu por 2 a 0 para o Moto Club. Com o resultado, o time comandado pelo técnico Marcelo Chamusca deu adeus à Copa do Brasil.

    Sem muito tempo para lamentar, o Vitória já tem um compromisso no sábado (16). O time rubro-negro vai encarar o Ceará, às 16h, no Barradão, válido pela quarta rodada da Copa do Nordeste.

    O JOGO

    O confronto começou com as duas equipes tentando propor o jogo e buscando alternativas. Aos quatro minutos, Diego Renan avançou pelo lado direito, invadiu a área do Vitória e cruzou rasteiro. Porém, ninguém alcançou a bola.

    Aos seis, Léo Ceará desperdiçou uma grande oportunidade para o Vitória. Rodrigo Andrade invadiu a área do Moto Club e cruzou rasteiro para Léo Ceará. Praticamente na pequena área, o atacante finalizou de primeira e mandou por cima do gol.

    O jogo ficou morno depois dos minutos iniciais. Aos 31, a partida parecia que iria esquentar novamente. Ramon recuou a bola e Ronaldo se atrapalhou ao dominá-la. A redonda ficou com Dalmo, que girou, bateu no gol, mas o arqueiro do Leão conseguiu defender com os pés. E o primeiro tempo ficou nisso: 0 a 0 no Castelão.

    Segundo tempo

    O empate não interessava ao Moto Club. Para avançar, o time maranhense precisava vencer por qualquer placar. Ciente disso, o time do técnico Wallace Lemos criou boas chances no começo do segundo tempo. A principal foi com Gleissinho, aos 10. Ele dominou perto da área, cortou Leandro Vilela e chutou forte para a meta defendida pelo goleiro Ronaldo.

    O Vitória apresentou dificuldades para penetrar na defesa do Moto. E uma alternativa encontrada foi arriscar em arremates de longa distância. Yago tentou aos 14, mas o goleiro Rodolfo defendeu. Aos 24, Andrigo arrematou da intermediária e a bola foi para fora.

    Aos 27 minutos, o Moto Club abriu o placar. Gleissinho recebeu dentro da área, tentou o passe e a bola bateu em Ramon e sobrou para o próprio Gleissinho, que completou de carrinho para o fundo das redes.

    Já nos acréscimos, a pá de cal no Vitória. Gleissinho invadiu a área e sofreu falta de Leandro Vilela. O árbitro não teve dúvidas e assinalou o pênalti. Juninho Arcanjo cobrou com tranquilidade e deu números finais ao jogo.

    FICHA TÉCNICA
    Moto Club 2 x 0 Vitória
    Copa do Brasil – 1ª fase
    Local: Castelão, em São Luís (MA)
    Data: 13/02/2019 (quarta-feira)
    Horário: 21h15 (horário local)
    Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
    Assistentes: Leone Carvalho Rocha (GO) e Hugo Sávio Xavier Corrêa (GO)
    Cartões amarelos: Lucas Hulk, Lucas Dias (Moto Club); Léo Ceará (Vitória)
    Gols: Gleissinho e Juninho Arcanjo (Moto Club)

    Moto Club: Rodolfo; Diego Renan, Lucas Dias, Alisson e Matheus Mendes; Lucas Hulk, Naílson e Juninho Arcanjo; Léo Paraíba (Gleissinho) e Danilo Galvão (Dalmo) e Márcio Diogo (Pedro Dias). Técnico: Wallace Lemos.

    Vitória: Ronaldo; Matheus Rocha (Nickson), Ramon, Edcarlos e Jeferson; Rodrigo Andrade (Cleber) e Leandro Vilela; Yago, Ruy (Juninho) e Andrigo; Léo Ceará. Técnico: Marcelo Chamusca.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Ad2