Domingo, 18th Agosto 2019
11:33:53pm
Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra em nova etapa nesta segunda-feira, 22, em todo o país. A primeira fase, que teve início em 10 de abril, vacinou crianças, gestantes e puérperas. A partir da próxima segunda-feira, 29, o Ministério da Saúde abrirá ao restante do público-alvo.

A partir desta segunda, também podem receber a vacina trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

De acordo com o ministério, 41,8 mil postos de vacinação estão à disposição da população. Além disso, 196,5 mil profissionais estão envolvidos, com a utilização de 21,5 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

A doença

A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus e, consequentemente, maior ou menor número de casos e mortes.

No Brasil, devido a diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer diferentes intensidades de sazonalidade da influenza e em diferentes períodos nas unidades federadas. No caso específico do Amazonas, a circulação, de acordo com o ministério, segue o período sazonal da doença potencializado pelas chuvas e enchentes e consequente aglomeração de pessoas.

Até o fim de março, antes do lançamento da campanha, foram registrados 255 casos de influenza em todo o país, com 55 mortes. Até o momento, o subtipo predominante no país é influenza A H1N1, com 162 casos e 41 óbitos. O Amazonas foi o estado com mais casos registrados: 118 casos e 33 mortes. Por isso, a campanha foi antecipada no estado.

Fonte: Agência Brasil

Itens relacionados (por tag)

  • Dia D contra a gripe é neste sábado (4)

    Cerca de 570 mil pessoas devem ser imunizadas durante o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em Salvador, que ocorrerá neste sábado (4), das 8h às 17h em mais de 255 pontos de imunização da capital.

    Além das unidades da rede básica, serão disponibilizados pontos de imunização em shoppings, como Itaigara, Piedade, Bela Vista, Salvador Norte Shopping e Center Lapa, além de supermercados, creches, associações, igrejas e estações de transbordo.

    São alvo da campanha idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, trabalhadores de saúde, professores do serviço público e privado, portadores de doenças crônicas, além de policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas. Das 570 mil pessoas, a campanha, que começou dia 10 de abril, já imunizou cerca de 171 mil pessoas em Salvador, cerca de 34% do total da população-alvo.

    Em Salvador, ainda faltam 399 mil pessoas serem imunizadas. Os portadores de doenças crônicas foram os que menos procuraram postos de saúde até o momento (7,8%), seguido dos professores (13%). Apenas 18% dos trabalhadores da saúde procuraram os postos, seguido por idosos (25,6%) e crianças (30%).

    Fonte: Correio24horas

  • Começa nesta quarta-feira (10) a campanha de vacinação contra a gripe 2019

    Começa nesta quarta-feira, 10 de abril de 2019, a campanha nacional de vacinação contra a gripe. A princípio, os postos de saúde distribuirão doses da vacina trivalente até o dia 31 de maio para os grupos prioritários.

    Em uma primeira fase, que vai até o dia 18 de abril, serão priorizadas crianças com idade entre 1 e 6 anos incompletos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, de acordo com o Ministério da Saúde, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

    A partir de 21 de abril, todo o público-alvo da campanha vai ter direito à vacina. Além do pessoal já mencionado, estão incluídos:

    Trabalhadores da saúde
    Povos indígenas
    Idosos
    Professores de escolas públicas e privadas
    Pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa
    Jovens sob medidas socioeducativas
    Funcionários do sistema prisional
    Pessoas privadas de liberdade
    A escolha dos grupos segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis. Agora, todos se beneficiam da vacinação. Mesmo fora das turmas prioritárias, é possível conseguir sua dose na rede privada – os valores vão de 100 a 200 reais.

  • Ministério da Saúde libera R$ 3,6 milhões para hospitais universitários baianos

    O Ministério da Saúde liberou R$ 3,6 milhões para reestruturação dos Hospitais Universitários Federais da Bahia, dos quais R$ 2,8 milhões são destinados ao custeio e R$ 809,3 mil a investimentos.

    De acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (4), o Hospital Universitário Prof. Edgard Santos (Hupes) foi beneficiado com investimento de R$ 515.923,56 e a Maternidade Climério de Oliveira recebeu R$ 293.386,36. No total, a pasta liberou aproximadamente R$ 22,9 milhões para investimento em 48 unidades de todo o país.

    Também nesta quinta, o ministério publicou a liberação de recursos para custeio das unidades, no total de R$ 79,6 milhões. O Hupes foi beneficiado com R$ 1.789.869,24 e a Maternidade Climério de Oliveira recebeu R$ 1.017.831,45.

    O recurso orçamentário e financeiro é correspondente ao Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) e será liberado mediante a comprovação da liquidação dos empenhos emitidos à conta dos créditos descentralizados, de forma a não comprometer o fluxo de caixa do Fundo Nacional de Saúde.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Ad2