Domingo, 18th Agosto 2019
11:41:37pm
Grupo realiza passeata e protesta em Salvador contra cortes de verbas da UFBA

Grupo realiza passeata e protesta em Salvador contra cortes de verbas da UFBA

Grupo realiza passeata e protesta em Salvador contra cortes de verbas da UFBA

Em mais um ato de repúdio ao bloqueio das verbas destinadas à educação no país, pelo Ministério da Educação (MEC), milhares de estudantes, professores e servidores da Universidade Federal da Bahia (Ufba) se reuniram, na manhã desta segunda-feira (6), para cobrar respostas do Governo Federal. Na federal baiana, o corte corresponde a 30% do orçamento, o equivalente a R$ 37,342 milhões da rubrica de funcionamento de custeio.

O ato começou, por volta das 11h, na Faculdade de Educação (Faced), de onde o grupo com mais de 2 mil pessoas saiu em caminhada em direção à Reitoria, no bairro do Canela. Durante o trajeto, que durou pouco mais de uma hora, os manifestantes deixaram claro que a causa, ali, não era só dos estudantes, ou só dos professores, mas de toda comunidade acadêmica.

"A nossa luta unificou, é estudante junto com trabalhador", entoaram, em coro. Com o auxílio de um carro de som, a organização do ato afirmou que "o corte assassino" compromete o funcionamento regular da universidade, que foi acusada pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, de promover "balbúrdia" dentro de suas instalações.

Cortes e polêmica

O corte de repasses às instituições federais em todo o Brasil virou o centro de polêmica no país, após o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciar, em entrevista ao Estado de São Paulo, que iria cortar recursos de universidades federais que apresentassem desempenho acadêmico fora do esperado e, ao mesmo tempo, estivessem promovendo "balbúrdia".

Na lista, estavam, inicialmente, somente a Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade de Brasília (UnB) e a Universidade Federal Fluminense (UFF). Depois, o governo disse que a medida valeria para todas as universidades e institutos federais.

O reitor da Ufba, João Carlos Salles, rebateu os comentários de Abraham Weintraub e disse que a justificativa do ministro não se aplica à Ufba e que não sabe quais são os critérios utilizados pelo ministério para realizar os cortes.

Cerca de 40 mil alunos são afetados pelo corte do orçamento, que entrou em vigor na última semana. Ainda segundo Salles, a universidade não foi informada previamente sobre a redução da verba. O reitor informou que os cortes atingem despesas que custeiam, por exemplo, gastos de água, luz, limpeza e que medidas serão tomadas para reverter o corte no orçamento da universidade.

Além da UFBA, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (Ufrb), a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) e a Universidade Federal do Sudoeste da Bahia (Ufsb) também relataram cortes orçamentários, que chegam a cerca de R$ 40 milhões.

A UFRB disse que sofreu um bloqueio de créditos no orçamento de custeio e investimento, da ordem de R$ 16.329.642 (cerca de 32% do orçamento).

A Ufob disse que sofreu um bloqueio de 33,2% dos recursos orçamentários para custeio e investimento (R$ 11.872.857,00). Já a Ufsb informou que teve bloqueio de 38% no orçamento de custeio e capital, recursos utilizados para pagamentos de despesas básicas.

Institutos federais
Após o Ministério da Educação anunciar o bloqueio de 30% da verba das instituições de ensino federais, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano) e o Instituto Federal da Bahia (IFBA) também confirmaram bloqueio de repasses.

Por meio de nota, o IF Baiano informou que ficou ciente do corte desde a última terça-feira (30), após o bloqueio automático do governo federal.

Já o reitor do IFBA, Renato da Anunciação Filho, contou que o bloqueio do dinheiro destinado à instituição foi notado nesta sexta-feira, através do sistema do governo federal pelo qual os diretores têm acesso às informações sobre as verbas das instituições de ensino.

O que diz o MEC
Por meio de nota, o Ministério da Educação (MEC) informou que o critério utilizado para o bloqueio do orçamento foi operacional, técnico e isonômico para todas as universidades e institutos, em decorrência da restrição orçamentária. O bloqueio foi de 30% para todas as instituições.

Segundo o MEC, o bloqueio decorre da necessidade do Governo Federal se adequar ao disposto na Lei de Responsabilidade Fiscal. O bloqueio preventivo incide sobre os recursos do segundo semestre para que nenhuma obra ou ação seja conduzida sem que haja previsão real de disponibilidade financeira para que sejam concluídas.

O ministério disse, ainda, que até o momento, todas as universidades e institutos já tiveram 40% do seu orçamento liberado para empenho.

Fonte: G1/Bahia

Itens relacionados (por tag)

  • Após ver jogo da Copa América, colombiano é esfaqueado durante assalto no Centro Histórico de Salvador

    Um colombiano de 32 anos foi esfaqueado durante um assalto no bairro da Barroquinha, Centro Histórico de Salvador, após ver o jogo da Copa América, na Arena Fonte Nova, na noite de sábado (15). Um amigo da vítima presenciou o crime, mas não ficou ferido. A informação foi confirmada por Marita Souza, delegada da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur).

    Conforme a delegada, Ivan Deniam estava junto com um amigo, que não teve a identidade divulgada, caminhando e usando um aparelho de gps, quando dois homens chegaram e anunciaram o assalto, na Rua da independência, por volta das 23h.

    Ainda segundo a delegada, após o anúncio de assalto, Ivan reagiu e entrou em luta corporal com os assaltantes, quando foi esfaqueado nas costas. Os homens conseguiram levar o passaporte e a uma máquina fotográfica do turista. O amigo de Ivan não teve nada roubado.

    Após o caso, o colombiano foi atendido e encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não há informações sobre o estado de saúde dele.

    Ainda de acordo com Marita, as vítimas são da cidade de Bogotá e estão hospedadas em uma residência no bairro do Pelourinho. O amigo de Ivan prestou depoimento sobre o crime ainda no sábado e depois foi liberado.

    Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), imagens de câmeras de segurança da região serão utilizadas nas investigações. O caso é acompanhado pela Deltur.

    Fonte: G1/Bahia

  • Lulu Santos apresenta show da nova turnê 'Pra sempre' na Concha Acústica, em Salvador

    O cantor Lulu Santos apresenta o show da nova turnê, "Pra Sempre", na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador, no dia 31 de agosto. O evento está previsto para começar às 19h.

    Os ingresso custam entre R$ 60 (plateia - meia) e R$ 240 (camarote - inteira), e já estão à venda na Bilheteria do TCA, SAC’s dos Shoppings Barra e Bela Vista e no site Ingresso Rápido.

    Dono de clássicos como "Tempos Modernos", "Apenas mais uma de amor" e "Como uma onda", o artista tem mais de 30 discos gravados. O último, "Pra sempre", é dedicado ao amor. ‘"Eu quero que o que a pessoa ouça seja bastante informativo, não só pelo teor musical, mas que a música realmente sirva para provocar alguma coisa", destaca Lulu, em nota.

    No palco, Lulu estará acompanhado por músicos como Sérgio Melo (bateria), Jorge Ailton (baixo), Hiroshi Mizutani (teclado), Tavinho Menezes (guitarra) e Robson Sá (vocal).

    SERVIÇO
    O que: Show de Lulu Santos

    Quando: 31 de agosto (sábado)

    Onde: Concha Acústica

    Horário: 19h

    Classificação: 16 anos

    Informações: 4000-1139

    Vendas: bilheteria do TCA, SAC's dos Shoppings Barra e Bela Vista e através do site www.ingressorapido.com.br

    Valores: Plateia - R$ 60 (meia) / R$ 120 (inteira) | Camarote – R$ 120 (meia) / R$ 240 (inteira)

  • Dono de casa onde ocorreu explosão de gás em bairro de Salvador morre dois meses após acidente

    O dono da casa onde ocorreu a explosão de gás no bairro Vale das Pedrinhas, em Salvador, morreu após ficar dois meses internado no Hospital Geral do Estado (HGE). Edilson Pereira Nascimento, de 29 anos, estava internado desde 12 de abril, quando ocorreu o acidente.

    Conforme informações da esposa da vítima, Waldeir Peres, Edilson Pereira morreu na noite de quarta-feira (12).

    O Departamento de Polícia Técnica (DPT) informou que o corpo da vítima foi encaminhado para perícia na manhã desta quinta-feira (13). O enterro dele será na cidade de Tapiramutá, a cerca de 350 quilômetros de Salvador.

    Na hora do acidente, ele estava dentro de casa com Jorge Manoel de Jesus Souza, 50 anos, que morreu em abril.

    Além de Edilson e Jorge Manoel, outras duas pessoas ficaram feridas durante a explosão. Dêmile de Carvalho, 21 anos, e o filho dela, Davi de Carvalho, de 1 ano, que morreu no HGE em maio.

    O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) foi até o local da explosão e, após atendimento, as vítimas foram encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), na capital baiana. Por conta da explosão, algumas casas tiveram a estrutura danificada.

    Na ação, sete casas foram interditadas e começaram a ser demolidas parcialmente no dia 15 de abril. Dez famílias que moravam nos imóveis não puderam voltar para o local.

    Fonte: G1/Bahia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Ad2