Quinta-feira, 5 de Agosto 2021
8:15:28am
Federação quer Salvador como sede da Copa do Mundo de maratona aquática

Federação quer Salvador como sede da Copa do Mundo de maratona aquática

A Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), com o apoio da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), tenta colocar Salvador como sede de uma etapa da Copa do Mundo de maratonas aquáticas em 2022. A competição é organizada pela Federação Internacional de Natação (Fina).

“A Confederação Brasileira já preparou uma proposta para a Fina e a gente espera consolidar o sonho de trazer de volta para a América do Sul uma etapa da maior competição de maratonas aquáticas, onde a Bahia é celeiro de grandes atletas”, comenta o presidente da FBDA, Diego Albuquerque. “Chegou a hora de mostrar para o mundo que, além de ser um celeiro de atletas de alto nível, nós temos talento na organização de grandes eventos”, diz.

Entre os atletas baianos de destaque na modalidade estão Ana Marcela Cunha, cotada inclusive para ganhar medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Allan do Carmo e Victor Colonese. Allan terá a última chance de classificar para a Olimpíada no domingo (20), na seletiva que será disputada em Setúbal, Portugal.

Para conseguir trazer o evento para a capital baiana, a FBDA afirma que está inscrevendo o projeto na Lei Federal de Incentivo ao Esporte e busca o apoio do Governo do Estado, através da Sudesb, Prefeitura de Salvador, Saltur e também de empresas privadas. Salvador já costuma sediar a etapa de encerramento do Campeonato Brasileiro da modalidade.

 

Itens relacionados (por tag)

  • Golpe do motoboy faz vítimas na Bahia; veja como reconhecer

    Se você receber uma ligação em que alguém se identifica como sendo da operadora de cartão de crédito e precisa saber se você está fazendo uma compra de alto valor, ligue seu radar de desconfiança. Se na mesma ligação a pessoa informa que precisa checar se outras compras indevidas foram realizadas no cartão e para isso precisa que você informe alguns dados pessoas, incluindo senha, desconfie mais ainda que você pode estar sendo vitima de um golpe. A Polícia Civil da Bahia alerta que esse tipo de golpe tem sido cada vez mais recorrente no estado.

    Na era das facilidades proporcionadas pela tecnologia, não faltam motivos para usar os serviços online e por telefone dos bancos. Golpistas, entretanto, têm frequentemente usado esta comodidade para ludibriar clientes. Diante do crescimento do chamado Golpe do Motoboy, a Polícia Civil da Bahia alerta: desconfie sempre de ligações que – independente do motivo – resultem em pedidos de dados pessoais ou de entrega de cartão de crédito e/ou de seu celular.

    Embora os primeiros casos deste golpe datem de mais de três anos atrás, tem-se percebido uma maior incidência desde o início da pandemia de Covid-19, com o aumento do trabalho em home office. Por intermédio de técnicas de engenharia social, os autores simulam o atendimento bancário e induzem a vítima a ceder seus dados pessoais, inclusive senhas e outros dados confidenciais.

    A delegada titular da 14ª DT, Mariana Ouais, explica como agem os criminosos. "A pessoa liga, identifica-se como sendo do banco e pergunta se a vítima está fazendo uma compra em um alto valor. A vítima, então, nega. O golpista, então, diz que vai checar outras compras que supostamente foram feitas no cartão – sempre de alto valor, a fim de desesperar a vítima. Sabendo disso, o golpista finge 'orientar' a pessoa, induzindo-as a passar os dados pessoais e senhas. Ao fim do processo, dizem que as compras foram estornadas, mas que, para resolver o problema, o cartão precisa passar por uma perícia", diz.

    "Eles ganham a pessoa com a falácia de que ela é um cliente VIP. Então, a depender do banco, eles podem inclusive usar os nomes dos serviços especializados para clientes de alta renda, como Personnalité, Prime ou Estilo. Então, como a vítima supostamente é um cliente VIP, os golpistas dizem que esse cartão precisa ser levado a uma central, normalmente em um lugar distante da residência da vítima. O objetivo é criar a condição para oferecer o falso serviço de motoboy. E fazer isso não é praxe dos bancos", acrescentou.

    Em alguns casos, os criminosos conquistam a confiança da vítima ao combinar um código a ser reproduzido pelo motoboy – tudo, ironicamente, para evitar golpes. Esta falsa aparência de segurança serve para baixar a guarda da vítima e ganhar tempo para os saques e compras feitos na conta da pessoa enganada. "Há até situações em que informam que o celular também foi clonado, e que o motoboy também pode levar para a falsa perícia e depois devolvê-lo. Vi casos de pessoas que perderam investimentos da vida inteira. Esse golpe já causou um prejuízo de milhões", declarou a delegada.

    Além de sempre desconfiar de ligações e outros contatos em nome das instituições financeiras, a delegada Mariana Ouais orienta o cidadão baiano a checar – ele mesmo – a veracidade das alegações feitas pelo golpista, por meio de uma ligação para o gerente do banco, pelo internet banking ou pelas centrais oficiais de atendimento – sempre se certificando de que o contato com o possível golpista já foi encerrado.

  • Salvador lança projeto para atrair turistas do Brasil e da América do Sul

    Salvador passa a contar, a partir do próximo dia 30, com um novo projeto de atração de turistas para aquecer o setor responsável por 30% da geração de renda da capital. O Road Show Salvador 2021 vai promover a capital baiana em mais de 10 cidades do Brasil e da América do Sul, através da capacitação de agentes e operadores de viagem. A iniciativa será realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – Bahia (ABIH-BA) com patrocínio de R$ 300 mil da prefeitura de Salvador. O projeto tem duração prevista até novembro e será dividido em três etapas: Road Show, Fam Show e Hospitality Experience.

    O anúncio da novidade foi feito nesta terça-feira (27), em coletiva de imprensa realizada no Teatro Gregório de Mattos (TGM), no Centro da cidade. A ideia do projeto é aumentar ainda mais a vinda de pessoas oriundas dos principais mercados emissores de turistas para Salvador. Com o investimento, a expectativa é aumentar a demanda por leitos de hotéis soteropolitanos no próximo Verão. De acordo com o Observatório do Turismo, os hotéis da cidade tiveram uma ocupação de 34,5% no Verão 2020/2021. Para o Verão 2021/2022, em um cenário adverso, a previsão é de 51,81% e, em um cenário promissor, pode chegar a 75,94% de ocupação.

    A primeira etapa do Road Show Salvador prevê a realização de capacitação voltada para o canal de vendas do turismo, incluindo cerca de 2 mil operadores e agentes de viagens. A iniciativa começa já a partir desta sexta (30) em Porto Alegre e deve durar até novembro, retornando para Salvador. No mês de agosto, a previsão é de visitação em Aracaju (SE) e Rio de Janeiro (RJ). No mesmo mês, uma capacitação virtual acontecerá em Buenos Aires e Córdoba (ambas cidades na Argentina), e Santiago (Chile).

    Em setembro, a programação inclui Brasília (DF), Goiânia (GO) e São Paulo/ABC (SP). Para outubro, haverá visitação em Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR). “Iremos até as cidades brasileiras e também faremos Road Shows virtuais, em função da pandemia, para o mercado internacional. O objetivo é que esse mercado possa vender de forma ainda melhor a cidade, mostrando o que temos para oferecer e também os protocolos de segurança que estamos adotando”, explica o presidente da ABIH-BA, Luciano Lopes.

    A segunda etapa, chamada de Fam Show, está prevista para acontecer no mês de novembro em Salvador. Serão trazidos para a cidade ao menos mil agentes de vendas e profissionais que influenciam a decisão de viagens do chamado público final, bem como clientes corporativos para viverem e se familiarizarem com as experiências proporcionadas pela cidade. “Eles vão passar uma semana aqui para ver de perto tudo que falamos. Eles vão visitar os hotéis, os pontos turísticos e os bares e restaurantes. Isso tudo para que eles tenham ainda mais conteúdo e propriedade para vender a nossa cidade para os turistas”, acrescenta Lopes.

    Ainda como parte da estratégia, a terceira etapa consiste no Hospitality Experience, evento que tem a finalidade de trazer as novas tendências do mercado de turismo, capacitação, oportunidades de network, palestras sobre as diversas temáticas de interesse do segmento, além de discutir políticas públicas para o setor. “Será um pequeno congresso em conjunto com rodadas de negócios. Ou seja, vamos discutir temas ligados à hotelaria, ao turismo e à hospitalidade. Ao mesmo tempo, iremos fechar negócios com esses operadores e agentes que vierem para cá. O Fam Show e o Hospitality serão realizados concomitantemente, fechando com a rodada de negócios para firmar parcerias e pacotes”, finaliza o presidente da ABIH-BA.

    Otimismo
    De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), Fábio Mota, a média de dias que o turista fica hospedado em Salvador está em seis e o objetivo da pasta é alcançar 10. A aposta está no turismo religioso e na melhoria da Orla. “Estamos fazendo a requalificação da orla de Itapuã, Stella Maris, Praia do Flamengo e Ipitanga para melhorar o turismo de sol e praia. Em função da saída das barracas de praia, tivemos uma baixa e identificamos que era preciso realizar alguma ação. Agora, com a Nova Orla, a gente pretende alavancar esse turismo de sol e praia, juntamente com a Baía de Todos os Santos”, afirma.

    “O turismo religioso sempre foi uma aposta. Nós estamos em franco desenvolvimento de roteiros com a pastoral da Igreja Católica, juntamente com agentes ligados aos equipamentos de Irmã Dulce. Estamos implementando na cidade uma nova sinalização turística voltada para o turismo religioso, que tratá informações contando a história de cada local. Isso deve ser implementado ainda este ano”, acrescenta Mota.

    O vice-presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav-BA), Jorge Pinto, se diz otimista com os anúncios e acredita que Salvador terá índices positivos já a partir da chegada da Primavera. “Já estamos tendo um crescimento progressivo e a ideia é que esse aumento se acelere agora já a partir de setembro deste ano, aquecendo para o Verão. Estamos precisando disso. Passamos por um período muito duro de pandemia. A previsão é de um futuro muito melhor e queremos colocar Salvador novamente como portão do Nordeste”, coloca.

    “Eu tenho me comunicado com pessoas do setor turístico de diversos estados e o retorno é que o trabalho que a prefeitura vem fazendo está tendo um efeito altamente positivo no sentido de aumentar a procura da cidade como destino de turistas. É fundamental que, para receber essas pessoas, a gente esteja estruturado e o que vejo do setor hoteleiro é que Salvador está pronta. Nossos guias e toda a cadeia produtiva da cidade também estão prontos para receber os turistas. Tenho certeza de que teremos uma retomada consistente”, finaliza o vice-presidente da Abav-BA.

    De acordo com a prefeitura, Salvador tem à disposição 39 mil leitos na rede hoteleira, mais de 300 meios de hospedagens, cinco centros de convenções e mais de 5,2 mil restaurantes. Em junho, os hotéis da capital baiana tiveram ocupação de quase 40% das acomodações, o que, para o Observatório do Turismo da Bahia, indica uma retomada da frequência de turistas. De acordo com o Ministério do Turismo, o mês de julho confirmou o aumento da procura por turismo de natureza e Salvador está entre os quatro principais destinos do país, com atividades de sol e praia.

    Investimentos no turismo
    O prefeito Bruno Reis ressaltou, durante a coletiva de anúncio do porgrama, os impactos que a pandemia gerou nos cofres da prefeitura, demandando investimentos na área da saúde, mas afirmou que não deixou de olhar para outros setores e que os recursos aplicados no turismo são vistos como investimento. “Só a conta de cinco meses de hospitais de campanha, de gripários e tendas demandou R$ 131 milhões. Com esse dinheiro, era possível construir um novo centro de convenções, dava para recuperar todos os trechos de orla que faltam. A pandemia absorveu uma grande parcela de recursos públicos, mas isso não nos afasta dos nossos objetivos e compromissos”.

    Bruno afirmou que a Casa da Música, que teve inauguração adiada por conta da pandemia, já está pronta e deve ser aberta em agosto. O Arquivo Público da Cidade está em execução e deve ficar pronto no início de 2022. Além disso, será dada nesta quarta-feira (28) a ordem de serviço para requalificação total do Museu da Misericórdia e, até o dia 15 de agosto, terá início a obra de recuperação total do Mercado Modelo.

    O prefeito ressaltou que o Monumento Mário Cravo também será recuperado e uma roda-gigante, semelhante àquela instalada no Rio de Janeiro, inspirada na London Eye, deve ser montada em Salvador. A estrutura deve ficar nas proximidades do Polo de Economia Criativa e do Hub de Tecnologia, no Comércio. “Tenho certeza que esse conjunto de ações e esforços que estamos fazendo vão estimular ainda mais a retomada dos setores econômicos da nossa cidade”, disse o prefeito.

    Por fim, Bruno Reis ainda anunciou que a prefeitura planeja a implantação de um memorial em homenagem às vítimas da covid-19 e aos profissionais de saúde que auxiliam o combate à pandemia. O memorial será instalado na Praça Cairu e ainda não tem previsão de data.

    Live Tour
    Nesta terça-feira (27), também foi apresentado o balanço do projeto Live Tour Salvador, realizado de 13 a 23 de junho pela prefeitura em parceria com a Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav-BA). Foram 11 edições de lives, com mais de 13 horas de conteúdo, 18 agências de receptivo participantes, mais de 70 atrações turísticas apresentadas e cerca de 80 pessoas envolvidas, entre produção técnica e convidados.

    A série de lives trouxe informações sobre equipamentos turísticos e experiências na cidade, além de promover as agências de turismo receptivo. As transmissões alcançaram mais de 1 milhão de visualizações e mais de 52 mil interações nas redes sociais, além de 5,1 milhões de impressões em anúncios e mais de 250 mil visitas ao site salvadordabahia.com.

    Conduzidas pelo jornalista José Raimundo, as lives contaram com a participação de guias, historiadores e especialistas, e foram transmitidas diretamente dos perfis do Facebook, Instagram e YouTube do Visit Salvador da Bahia. As edições do projeto ressaltaram as belezas de Itapuã, Beach Clubs, Rio Vermelho, Memorial Irmã Dulce, Humaitá e Bonfim, Rua Chile e Praça Castro Alves, Terreiro de Jesus, Largo do Pelourinho, Santo Antônio Além do Carmo, Ilha dos Frades e Barra.

    “Fomos surpreendidos com esse projeto que foi uma ação inédita e que mostrou pontos turísticos de forma detalhada. As agências de viagem do receptivo tiveram a oportunidade de mostrar a todos que estavam assistindo o trabalho que é feito junto aos turistas”, celebrou a presidente da Abav-BA, ngela Carvalho.

    De acordo com a Secult, a Live Tour teve impacto positivo na ocupação hoteleira da cidade. De 13 de março a 12 de junho deste ano, a média de ocupação registrada foi de 31,88%. De 13 de junho a 23 de julho, o número subiu para 40, 04%, representando um acréscimo de 25,6%.

  • Tiroteio na Ufba: homens armados fizeram funcionários reféns

    O grupo de criminosos que invadiu um matagal na área da Universidade Federal da Bahia (Ufba), em Salvador, na tarde dessa terça-feira (27), rendeu três funcionários da manutenção e roubaram as camisas da empresa, com a intenção de se passarem pelos servidores.

    Armados com metralhadoras e fuzis, ao menos cinco homens fugiam da comunidade do Calabar em direção a São Lázaro e entraram na área da Ufba. Na ação, um suspeito foi baleado e encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas até a publicação desta reportagem não havia detalhes do estado de saúde dele.

    De acordo com o comandante da Rondesp Atlântico (Rondas Especiais), Valdino Sacramento, com a tentativa de fuga, após renderem os funcionários, os homens se depararam com o cerco policial. Um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) cercou a região, assim como viaturas da Rondesp, a BPS Calabar, a 41ª CIPM Federação, o Pelotão de Emprego Tático Operacional e agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais.

    Em uma nova troca de tiros, um dos integrantes do grupo foi ferido, e, em seguida, levado ao HGE. O resto do grupo está foragido. A identidade deles ainda não foi descoberta pela polícia.

    “A gente vem, desde ontem [anteontem], desenvolvendo na região intensificação e reforço do policiamento na região do Calabar, Cosme de Farias e Brotas. No início da tarde, populares informaram que vários indivíduos armados estavam andando pelas ruas do Calabar armados, desenvolvendo a atividade de tráfico de drogas. Ao averiguar, nos deparamos com cerca de 15 a 20 indivíduos, que passaram a disparar contra nossas guarnições. Desse grupo, seis a cinco fugiram pela saída Calabar/São Lázaro e chegaram ao campus de Ondina da Ufba”, explicou Sacramento.

    Medo
    Uma das moradoras do Jardim Apipema, bairro localizado próximo a Ondina, relatou ter começado a ouvir os tiros por volta das 14h40. Roca Alencar conta que os disparos eram repetidos e altos.

    “Foi muito tiroteio até chegar o helicóptero da polícia. A gente até ficou com medo porque a janela é de vidro. Depois que o helicóptero foi embora, ainda houve mais um tiroteio. O mais assombroso é que, com a repetição dos tiros, você sabia que eram armas de grosso calibre.”

    Segundo a Coordenação de Segurança da Ufba, apesar da violência, nenhum membro da comunidade esteve exposto durante o tiroteio. Por orientação da reitoria, a área da ação policial esteve isolada de modo a evitar a passagem de veículos ou pedestres pelo portão principal do campus, mas professores, pesquisadores e servidores que se encontravam em unidades de Ondina ainda conseguiram deixar o campus em segurança, pela saída da rua Caetano Moura. As agências bancárias do Santander e Banco do Brasil, presentes no campus, também não foram afetadas.

    Ainda segundo o comandante, os criminosos chegaram a passar pelos bancos, de arma em punho, mas não houve tentativa de arrombamento. A Universidade Federal ainda é um ponto de vacinação contra a covid-19. Entretanto, a ação não atrapalhou a imunização, que ocorreu das 8h às 16h, como estava previsto no calendário. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, pela distância do local do tiroteio, o trabalho fluiu normalmente

    No dia 17 de julho, um incêndio atingiu três vans no estacionamento do PAF 1, no mesmo campus de Ondina. Entretanto, o comandante da Rondesp não acredita que o fato tenha relação com a ação dos criminosos envolvidos desta vez.

    Procurada, a Polícia Civil afirmou que, como o caso aconteceu em área federal, é de competência da Polícia Federal (PF). A assessoria da corporação afirmou que não recebeu nenhuma ocorrência na Universidade Federal da Bahia.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.