O Jornal da Cidade

O Jornal da Cidade

O feriado prolongado do Dia de Finados, que aconteceu na última terça-feira (2), aumentou o movimento das estradas e dos pedágios, O pedágio km 14 da BA 099, em direção à Salvador, foi o terceiro pedágio com mais movimento no país no feriadão. Segundo um levantamento feito pela Veloe, empresa de mobilidade e gestão de frotas, houve um aumento de 37% no movimento dos motoristas comparado com a semana anterior. O levantamento comparou o número de transações de pagamento automático pelos usuários dos pedágios.

Redução nos acidentes
Na última quarta (3), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresentou o balanço da Operação Finados, realizada nas rodovias federais que cortam a Bahia, foi finalizada às 23h59 desta terça. A PRF apontou uma redução de 20% no número de acidentes totais comparado ao mesmo período de feriado do ano passado.

Este ano, foram registrados 45 acidentes totais, contra 56 contabilizados em 2020. Destes, 14 foram acidentes graves - quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente.

Do total de acidentes registrados, 46 pessoas ficaram feridas, número que representa uma redução de 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Oito pessoas morreram durante o feriado nas rodovias baianas, redução de 43% com relação ao ano anterior, quando 14 pessoas.

 

O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União de hoje (5) portaria que prorroga, para 31 de dezembro, o prazo para a renovação semestral dos contratos de financiamentos concedidos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), simplificados e não simplificados, do 1º e 2º semestres de 2021.

Os aditamentos de renovação semestral devem ser feitos por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFIES), disponível na página eletrônica do Ministério da Educação.

A prorrogação do prazo tem por objetivo garantir que todos os estudantes possam realizar os aditamentos neste período de pandemia de covid-19.

No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador por exemplo, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao banco para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Os contratos do Fies devem ser renovados semestralmente. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas faculdades no SisFies.

O Fies é o programa do governo federal que tem como meta facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas.

Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies). O primeiro é operado pelo governo federal, sem incidência de juros, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. O percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino.

O P-Fies funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

O Censo de 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já é uma realidade, pelo menos no bairro de Amaralina, litoral de Salvador. É que o órgão iniciou, nesta quinta-feira (4), o teste das entrevistas que serão realizadas, em toda Bahia, a partir de junho de 2022. “Antes, o IBGE sempre fazia um censo experimental em algum local do país. É a primeira vez que está acontecendo um teste em cada unidade da federação, por causa da adequação dos protocolos à pandemia”, explica a supervisora de disseminação de informações do IBGE, Mariana Viveiros.

A primeira entrevistada do órgão em Salvador foi uma ilustre moradora de Amaralina. Trata-se da artista plástica e cantora Laurinha Arantes, 65 anos, uma das percursoras do Axé Music, no início da década de 1980. “Eu sou a primeira cantora do Cheiro de Amor, a primeira mulher a puxar bloco e agora a primeira entrevistada do IBGE”, disse a artista, orgulhosa. Ela mora há 40 anos no bairro e tinha acabado de se mudar para o atual o endereço quando ocorreu o Censo de 2010.

“Eu acho super importante contribuir com o Censo, principalmente pelo momento que estamos vivendo, no qual muitos brasileiros perderam seu emprego, seu poder de compra. O trabalho do IBGE mostra os indicadores sociais. E é preciso que as pessoas se conscientizem disso”, defende. Por causa da pandemia, Laurinha só tem saído de casa uma vez na semana. Mesmo assim, ela não teve receio de receber o recenseador do IBGE, mantendo cuidados como uso de máscara e distanciamento. “Eu continuo me protegendo. Na semana passada perdi o amigo Letieres Leite para a pandemia”, lamenta.

Já o segundo entrevistado foi o comerciante Jairo Roberto de Lima Borges, 67 anos, que desde 1992 tem apartamento no bairro e, nos anos 2000, passou a morar no local. “É a primeira vez que estou participando de uma entrevista do IBGE e está sendo muito tranquilo. Eu acho que todos devem contribuir para a realização do Censo. É muito importante, pois o resultado que eles apuram servem para medir outros índices necessários para a economia”, diz o aposentado, que tem formação em economia.

Para Mariana Viveiros, a realização do censo em 2022 é fundamental. “Ele traz uma série de informações demográficas essenciais para os municípios nas elaborações de políticas públicas em todas as áreas”, explica. O último censo foi realizado em 2010 e, normalmente, ocorre a cada dez anos. No entanto, por causa da pandemia em 2020 e da crise econômica em 2021, a realização da pesquisa teve que ser adiada

Pela primeira vez, Censo vai quantificar os bairros de Salvador
O censo de 2022 será o primeiro em que o IBGE vai fornecer dados precisos sobre os bairros de Salvador. É que em 2010 ainda não havia uma lei municipal que delimitasse de forma clara quais eram as subdivisões da cidade. Isso só veio acontecer em 2017, num estudo que envolveu o próprio IBGE. “Na ocasião, foi identificada que a população de Amaralina era de cerca de 4,5 mil pessoas”, afirma Viveiros.

Para essa nova estimativa, segundo apontou Francisco Brito, coordenador operacional do Censo na Bahia, a expectativa é que duas mil residências sejam visitadas no bairro, o que daria uma população de 6 mil pessoas se for considerado que cada casa tenha três moradores. Essa é a configuração da residência do seu Jairo Roberto, que mora com esposa e enteado. Já Laurinha Arantes mora sozinha. “Em toda Bahia, a expectativa é de encontrarmos 5 mil residências, o que daria cerca de 15 mil habitantes”, aponta Brito.

No entanto, esses dados só serão confirmados na prática, uma vez que o censo demográfico tem a meta de ir a todos os domicílios brasileiros calcular a população e outros índices.

“Se for preciso, a gente tenta por diversas vezes e faz diversas abordagens, inclusive com o supervisor, em uma moradia que esteja se recusando a receber o recenseador. Também damos a opção de ser feita a entrevista por telefone ou o autopreenchimento pela internet, se for o caso”, diz.

Quem for entrevistado em Amaralina nessa fase de teste precisará ser novamente em 2022. “O que vale para a gente é a data de referência. No dia 1º de junho de 2022, pessoas podem ter se mudado, chegado, morrido, nascido... a gente precisa do Brasil todo contado com a mesma data de referência para ter validade”, explica o coordenador.

Todos os recenseadores estarão uniformizados com colete, boné e crachá com foto. É possível verificar a sua identidade pelo site respondendo.ibge.gov.br, que também pode ser acessado diretamente por meio de um código (QR Code) impresso no crachá. Quem preferir, pode ainda fazer a confirmação pelo telefone 0800-7218181. Para garantir a segurança sanitária da operação, todas pessoas envolvidas no teste usarão máscara e escudo facial (faceshield) e respeitarão os protocolos de higiene e distanciamento ao visitar os domicílios.

“Além disso, é importante lembrar que o IBGE nunca pergunta informações privadas da pessoa como senhas, número de cartão e conta de banco”, lembra Viveiros.

Fase de testes ocorre em todo Brasil já com inovações tecnológicas
Cada estado brasileiro está passando por essa fase de testes do Censo 2022 a partir desta quinta-feira (4). No total, serão cerca de 250 recenseadores que vão trabalhar em todo mês de novembro. As informações prestadas aos recenseadores são confidenciais e o sigilo é garantido por lei. Para segurança, toda a operação censitária de 2022 será totalmente informatizada.

Os dispositivos móveis para a coleta de dados (DMC), um tipo de tablet utilizado pelo recenseador em 2010, foi atualizado para uma versão mais moderna. Agora o IBGE terá “nuvens” na internet para o suporte de comunicações e tráfego de dados e novos Data Centers com alto desempenho.

O projeto do Censo Demográfico é composto por um conjunto de sistemas informatizados, como: sistema de gerenciamento da coleta de dados em campo, sistema de supervisão e acompanhamento gerencial, sistema de gestão administrativa e pagamento, entre outros.

Segundo o instituto, por trás disso tudo há uma infraestrutura de tecnologia da informação robusta, com dispositivos móveis de coleta de última geração, possibilitando que a operação seja totalmente digital, bem gerenciada e segura, produzindo dados de qualidade e georreferenciados em um tempo cada vez menor.

Novidades do Censo 2022 em relação a 2010
- Gerenciamento digital dos resultados da coleta de dados em tempo real, permitindo correções de eventuais erros operacionais.

- Gerenciamento digital, em tempo real, dos deslocamentos dos recenseadores em todo território nacional.

- Digitalização de todo o processo de contratação e gerenciamento dos servidores temporários, eliminando o uso do papel.

- Armazenamento em nuvem privada e pública dos arquivos digitais, agilizando a rotina diária dos mais de 180 mil recenseadores, que envolve o download das informações dos setores censitários e o upload dos questionários respondidos.

- Dispositivos Móveis de Coleta (DMC) de última geração, com minimodem 3G/4G e aplicativos atualizados, que se conectam à rede de comunicação do IBGE e possibilitam a transmissão dos dados coletados de forma criptografada e segura.

- Proteção contra possíveis ataques de negação de serviço (DoS Attacks), utilizando fibra ótica com redundância para toda a comunicação entre os Data Centers.

- Novo cluster de banco de dados de alta performance, para organização, análise, compartilhamento e monitoramento das operações. Maior velocidade de processamento das aplicações hospedadas no Data Center, permitindo a utilização de soluções mais estáveis, seguras e com mais desempenho.

- Aumento da capacidade de conexão do IBGE com os recenseadores, por meio de antenas de satélite (VSAT em banda KA e BGAN) e conexões banda larga fixa com a Internet (ADSL, Fibra, Cable Modem etc.) disponível nos DMCs e Data Centers do Instituto, diminuindo o risco de sobrecargas.

O primeiro hospital da Rede Mater Dei em Salvador, previsto para ser inaugurado até março de 2022, vai gerar cerca de 3 mil empregos diretos e indiretos. Até o momento, 51 funcionários foram contratados. Para capacitar os candidatos e alinhá-los com os valores e protocolos da instituição, treinamentos estão sendo feitos com o apoio do Núcleo de Desenvolvimento Profissional (NDP) das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). Na primeira turma de estagiários, 112 alunos de cursos técnicos em enfermagem da Escola Irmã Dulce, Escola Maria Pastor e INSSJT Fortes Formação Técnica estão sendo preparados sob supervisão de 20 enfermeiros já contratados.

O estágio teve início em outubro e será finalizado no dia 31 de dezembro. A rotina semanal inclui quatro dias de aulas práticas no Hospital Santo Antônio (da Osid) e um dia de aula teórica no Centro de Treinamento do Hospital Mater Dei Salvador. Durante o período de formação, os alunos vivenciam a prática assistencial, que abrange procedimentos como a realização de curativos, administração de medicações e aferição de pressão sanguínea nas diversas unidades do Hospital Santo Antônio, como Clínica Médica, Geriatria, Centro Cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva, Oncologia.

A estagiária Elen Reis, de 26 anos, é aluna da Escola Irmã Dulce, foi indicada para a seleção, passou por uma prova e entrevista e agora, no treinamento, está atuando no setor de clínica médica. Ela diz aprovar a experiência. “Acho que nunca tive tanto contato com a área como estou tendo agora. A gente está tendo a oportunidade de ver e fazer procedimentos que não tivemos no curso. Aqui não é só teoria, temos a prática mesmo. Participamos do atendimento de um paciente com hemorragia e de outro com falta de ar, então é muito aprendizado”, afirma.

O presidente da Rede Mater Dei de Saúde, Henrique Salvador, explica o que motivou a parceria com a Osid. “Nós temos uma conexão muito forte com essa parte de treinamento e capacitação. Quase 40% das nossas principais lideranças hoje foram formadas dentro da Rede Mater Dei. Quando nós fomos para Salvador, encontramos na Osid um alinhamento de posicionamento e valores, através, por exemplo, da humanização do atendimento e foco no paciente”, coloca.

O presidente ainda destaca que a parceria com a Osid e as escolas de técnicos de enfermagem representa uma importante oportunidade de inserção de novos profissionais no mercado de trabalho e a possibilidade da conquista do primeiro emprego sem experiência. “A ideia é absorver esses alunos, fazer com que eles possam ingressar no quadro de colaboradores. Os 112 estagiários são os primeiros de um programa contínuo de formação, que abrirá novas turmas”, diz.

Elen está ansiosa para o término do treinamento e conta que a expectativa de contratação é grande. “Há vagas para todo mundo, mas só quem realmente estiver qualificado ao final do curso vai ser efetivado para o quadro. Estou me dedicando o máximo possível porque é uma oportunidade de ouro. O Mater Dei está sendo o meu príncipe encantado no cavalo branco”, acrescenta.

Quem também aprova a experiência é Maria Regina Amaral, de 28 anos. Ela é uma das enfermeiras supervisoras do estágio e conta que também passou por treinamento. “Eu cadastrei meu currículo no site e participei do processo seletivo, sendo contemplada com a vaga de preceptora de estágio. Nós tivemos um programa de integração e passamos por duas semanas de treinamento. Agora estou atuando na unidade de Pediatria”, diz.

“Está sendo uma experiência maravilhosa, os estagiários estão tendo contato com a realidade e recebendo treinamento, o que não é comum na hora de conseguir uma vaga. É uma oportunidade muito positiva tanto para os estagiários como para nós, supervisores. Participar desse projeto tão grande, de uma rede tão reconhecida, é excelente”, acrescenta Maria Regina.

Enquanto novas turmas para estagiários não são abertas, profissionais de diversas áreas interessados em integrar o corpo de funcionários do novo hospital, assim como Maria Regina, podem enviar currículos através do site da Rede Mater Dei e também buscar o Serviço de Intermediação de Mão de Obra (SIMM).

A parceria entre o SIMM e a Rede Mater Dei faz parte do Programa Treinar para Empregar, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec). Foram disponibilizados cursos de capacitação profissional de Excelência em Saúde, ministrados pelo Serviço Nacional do Comércio (Senac). Desde julho, foram certificadas 292 pessoas. Em novembro, serão realizados novos cursos, mas as inscrições já foram encerradas.

Também em novembro, será realizado o processo seletivo de vagas de empregos operacionais do Mater Dei para quem tiver participado do curso do Senac. Não será exigida experiência. O cronograma de do processo seletivo ainda não foi liberado.

Parceria

Segundo a coordenadora do NDP da Osid, a enfermeira Vanessa Conceição, as Obras Sociais possuem larga experiência com parcerias de estágios entre universidades e cursos técnicos, mas é a primeira vez que a instituição firma uma parceria direta com outro hospital na intermediação do estágio. "A Rede Mater Dei vem com a experiência de Minas Gerais, e nós temos a experiência da Bahia, que, unidas, vão agregar muito em busca de um melhor atendimento ao paciente".

Como contrapartida, a Rede Mater Dei está desenvolvendo um trabalho de consultoria para a Osid. “A consultoria, com capacitação teórica e prática, vai tornar a Osid apta a obter a certificação de qualidade pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) para o Hospital Santo Antônio. O Mater Dei foi o segundo hospital brasileiro a ser certificado com nível de excelência pela ONA, em 2004, e, de lá para cá, construiu uma base sólida de conhecimento para certificação e qualificação hospitalar”, acrescenta.

“Essa certificação traz mais segurança para os nossos processos porque existem alguns processos que precisamos organizar e critérios aos quais precisamos nos adequar para melhor atender a população. E o Mater Dei tem muita experiência nessa parte, que envolve a gestão, então vão contribuir bastante. É uma troca importante para as duas instituições, que acreditam num atendimento humanizado e de atenção ao paciente”, diz Sandra Ohlweiler, gestora executiva da Osid.

Mater Dei Salvador

A Rede Mater Dei, que inaugurou sua primeira unidade hospital em 1980, agora chega a Salvador. A Rede possui três unidades em Minas Gerais (Santo Agostinho, Contorno e Betim-Contagem) e também é detentora de 70% do Hospital Porto Dias, no Pará. O Mater Dei Salvador está sendo construído na Av. Vasco da Gama, esquina com a Av. Anita Garibaldi.

Com 61.188 m² de área construída, o Mater Dei Salvador será um hospital de atendimento via convênios e particular geral, adulto e pediátrico em diversas especialidades clínicas, com foco em medicina diagnóstica, pronto socorro adulto e infantil e oncologia. Serão 369 leitos, sendo 40 CTIs adulto e 40 UTIs pediátricas, além de 21 salas de cirurgia e obstetrícia.

A Rede também contará com um Centro Médico, localizado a 90 metros do Hospital. A construção contará com 62 consultórios para rede primária, integrada ao Hospital Mater Dei. “O conceito é a integração entre a porta de entrada, que é a atenção primária, com o hospital. E a tecnologia vai ajudar bastante nisso”, destaca o presidente da Rede, Henrique Salvador.

O presidente explica o porquê da escolha por Salvador para a primeira unidade da Rede fora de Minas Gerais. “Salvador é uma das principais capitais do Brasil. A cidade está localizada no Nordeste, região que tem crescido muito. Por si só, é um pólo industrial, tem diversas empresas, muitas também na área de prestação de serviços. Acreditamos que um hospital, com as características dos Hospitais que a Rede Mater Dei de Saúde possui, possa beneficiar não apenas as pessoas que residem na capital baiana, mas também em seu entorno”, finaliza.

Os preços médios do etanol hidratado subiram em 20 Estados e no Distrito Federal (DF) na semana entre 24 e 30 de outubro, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Em outros 5 Estados, os preços recuaram, enquanto no Amapá não houve mudança na cotação. Nos postos pesquisados pela ANP em todo o País, o preço médio do etanol subiu 3,92% na semana em relação à anterior, de R$ 4,875 para R$ 5,066 o litro.

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no País subiu 7,44%. O Estado com maior alta no período foi Minas Gerais, onde o litro subiu 9,10% no mês. Na apuração semanal, a maior alta de preço foi observada na Bahia, com avanço de 6,73%, para R$ 5,410 o litro.

O biocombustível tem avançado em decorrência da quebra de safra de cana-de-açúcar no Brasil - até a primeira quinzena de outubro, a moagem no Centro-Sul recuou 9,56% no acumulado da temporada 2021/22, e a produção de etanol hidratado caiu 17,93% na mesma comparação, segundo dados da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). Agora, a região se encaminha para período de entressafra, quando os preços tendem a subir ainda mais. Além disso, o etanol acompanha a gasolina, que vem se valorizando após reajustes da Petrobras.

Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a cotação média do hidratado ficou em R$ 4,876 o litro, alta de 4,01% ante a semana anterior.

O preço mínimo registrado na semana para o etanol em um posto foi de R$ 4,180 o litro, em São Paulo, e o menor preço médio estadual, de R$ 4,876, foi registrado também em São Paulo. O preço máximo, de R$ 7,399 o litro, foi verificado em um posto do Rio Grande do Sul. O maior preço médio estadual também foi o do Rio Grande do Sul, de R$ 6,464.

Competitividade
A gasolina foi mais competitiva que o etanol em todos os Estados e no Distrito Federal na semana de 24 a 30 de outubro, mostra o levantamento da ANP compilado pelo AE-Taxas. Os critérios consideram que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso. Na média dos postos pesquisados no País, o etanol está com paridade de 77,20% ante a gasolina.

O espírito natalino já chegou à decoração dos shoppings de Salvador. Até a próxima terça-feira (9), todos os estabelecimentos já terão inaugurado o seu cenário de Natal, época do ano mais esperada pelos lojistas. Ao todo, mais de R$ 7,3 milhões foram investidos para encantar e premiar o público. A expectativa é que o período desse ano seja mais movimentado e rentável do que em 2020 e se iguale - ou supere - os patamares de 2019, antes da pandemia. Os representantes dos centros comerciais preveem alta de até 25% nas vendas e até 30% no fluxo de pessoas.

De acordo com a gerente de marketing do Shopping Barra, Karina Brito, a palavra para o Natal 2021 é otimismo. “A palavra de ordem, tanto por parte dos varejistas, como clientes, é de otimismo. Com as flexibilizações e avanço da vacinação, eles estão mais confiantes, mais presentes no shopping. Isso tem gerado uma alavancagem das vendas e nos leva a crer que vamos superar o Natal de 2019”, estima Karina. Ela espera que o faturamento cresça em 9% e, o fluxo, em 12%. Em média, 45 mil pessoas frequentam o Shopping Barra por mês.

Nesta quinta-feira (4), haverá a inauguração da decoração natalina, às 18h30, com desfile de personagens em carro temático do Farol da Barra à Oceania, às 17h. Com o tema Viagem ao Bosque Nevado, Karina diz que o cenário é feito para agradar toda a família. “Trazemos uma decoração para surpreender toda a família, com a volta da experiência e entretenimento. Ano passado, fizemos algo mais contemplativo, sem interação com a decoração”, explica.

O investimento total - decoração, divulgação e prêmios - foi de R$ 600 mil. O shopping também fará desfiles aos finais de semana, a partir da segunda quinzena de novembro. Como todos os anos, haverá a campanha Árvore dos Sonhos, um projeto social de arrecadação de presentes para crianças em situação de vulnerabilidade. O prêmio será um Volvo XC 60. Para concorrer, é preciso juntar R$ 350 em cupons fiscais, gastos entre 11 de novembro e 5 de janeiro.

O Shopping Bela Vista foi o que mais investiu no Natal, dentre os centros comerciais procurados. O montante foi de R$ 2,6 milhões - 4% maior que em 2020. Só com a decoração, o gasto foi de R$ 800 mil e, com a compra de panetones para ajudar as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), R$ 400 mil. Esse ano, o tema foi criado pela própria empresa. “O tema são as quatro estações do ano, algo que criamos e trouxemos como demanda para empresas de decoração. Temos cenas de Papai Noel no verão, na praia, coisa que nunca imaginamos”, diz o gerente de marketing do Bela Vista, Ticiano Cortizo.

Ele prevê que o fluxo aumente 10% até o final de ano e cerca de 5% das vendas, em relação a 2020. A média diária de pessoas no Bela são 28 mil pessoas. Na semana do Natal, o gerente acredita que chegue até 45 mil. Além disso, uma ação promocional será lançada no dia 16 de novembro. Cortizo não pôde dar detalhes, mas deu o spoiler de que “é muito inusitado e é algo muito desejado pelas famílias”. A cada R$ 250, é possível concorrer, tendo direito a um cupom e também a desconto no panetone das Osid, que sai por R$ 25.

Já o Shopping Paralela foi o segundo que mais gastou em enfeites e prêmios. Segundo a gerente de marketing, Renata Sousa, o montante é de mais de R$ 2 milhões. A previsão é que as vendas aumentem em 20%. “As pessoas estão se vacinado, saindo mais de casa, e isso favorece o comércio. Mas é importante continuar com os cuidados: máscara, higienizar as mãos e evitar aglomeração”, lembra Renata.

O lançamento da promoção de prêmios é no dia 26 de novembro e ela não pôde dar mais detalhes. A decoração de Natal será lançada no próximo sábado (6), com o tema Patrulha Canina Oficial. Os personagens Chase, Marshall, Rubble e Skye estão disponíveis para fotos nos dias 19, 20 e 21 de novembro e 10, 11 e 12 de dezembro. Atrações como tobogã e atividades interativas, como confecção de cartão de Natal, são gratuitas.

O Salvador Shopping e o Salvador Norte Shopping investiram, cada um, mais de um R$ 1 milhão - a empresa diz não revelar o valor exato. Os temas da decoração são, respectivamente, o Mickey e o Mágico de Oz. “Inauguramos no dia 9 de novembro, que é a data que o shopping comemora 11 anos. Vamos apresentar o Natal Mágico de Oz, uma história clássica, que encanta a todos, com muita interatividade e respeitando os protocolos”, afirma a gerente de marketing do Salvador Norte Shopping, Gabriela Simões.

Ela conta que a expectativa para esse momento é muito alta. “É algo que começamos a planejar desde março. Estamos bastante esperançosos e otimistas, porque o investimento é equivalente ao Natal de 2019. A gente vem em uma crescente e estimamos que as vendas e o fluxo de pessoas cresçam 25%, em dezembro”, acredita Gabriela. A premiação são quatro objetos colecionáveis para crianças, no tema o Mágico de Oz. A cada R$ 400 em compras, o cliente leva um para casa, com um máximo de quatro por CPF.

Marianna Muniz, gerente de marketing do Salvador Shopping, esclarece que a escolha pelo Mickey tem um objetivo: “Queremos que qualquer pessoa que venha ao shopping, independente de idade, se sinta uma criança”. A inauguração é amanhã, às 9h. Várias atrações ocorrerão ao longo do dia, para diluir a quantidade de clientes e não causar aglomerações.

O shopping investiu 10 a 15% a mais que em 2019. 20% do que recebem do Fundo de Promoção e Propaganda vai para o Natal. Marianna estima que o fluxo não aumente, mas as vendas cresçam 5% em relação a 2019. A promoção será no esquema compre e ganhe, sem sorteio, mas ainda não foi divulgado. Ainda haverá espetáculos no estacionamento do Bompreço, a partir do último final de semana de novembro, de forma gratuita, com artistas locais, para 500 pessoas.

No Paseo, o investimento foi de R$ 150 mil, 15% a mais que em 2020. “É um esforço grande para o shopping fazer um Natal bom, bonito e com orçamento maior que ano passado, mais ainda não é o que costumamos praticar”, explica o gerente geral, Joaquim Correia Neto. O fluxo de pessoas no centro comercial deve aumentar até 30% em dezembro, segundo ele, com crescimento de 5 a 10% no faturamento. O tema é Ajudantes de Papai Noel, no qual as crianças poderão ajudar o bom velhinho a embalar os presentes.

No Shopping Itaigara, onde a decoração inaugurou, com o tema Parque dos Esquilos, na última sexta-feira (29), a expectativa de aumento do público é de mais de 20%. O investimento foi 32% maior que o de 2020, com foco em promoção e mídia. São dez prêmios de R$ 3 mil a serem sorteados em vale-compras. Para participar, é preciso juntar R$ 250 em notas fiscais, para ter direito a um cupom. Um trenzinho com passeio de 30 minutos pelo Itaigara é fornecido gratuitamente. Como são tempos modernos, é possível conversar pelo Whatsapp, fazer ligação em vídeo ou mandar e-amil para o Papai Noel (71 99610-3667 ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.).

De acordo com o gerente de Marketing do Shopping Piedade, Pablo Vieira, o Natal é o período mais importante do varejo e representa fluxo de venda para os lojistas. "O período chega com um cenário econômico melhor do que em 2020, principalmente com o avanço das vacinas. Estamos animados e nossa expectativa de crescimento nas vendas é de até 15% em relação ao ano anterior. O momento é de grandes oportunidades", afirma. A inauguração da decoração é amanhã, com o tema Fazendinha do Noel, ao som da banda Filomena Bagaceira.

O Shopping da Bahia inaugura a decoração com o tema Cultivando o Natal no próximo sábado (6), junto com o início das Paradas Natalinas, os desfiles de personagens. A Noelandia lança na sexta-feira da próxima semana (12). “Nosso grande projeto de Natal é a Noelandia, considerado o melhor de Natal do país, em 2019, e que agora volta depois de um ano sem funcionar em virtude da pandemia. Teremos uma experiência completa com atividades lúdicas, tecnologias e brincadeiras”, afirma a gerente de marketing de Shopping da Bahia, Mayara Diniz.

Os prêmios serão somente para clientes do programa de fidelidade do shopping. Quem gastar acima de R$ 2 mil em compras, a partir do dia 17 de novembro, ganha um panetone recheado da Kopenhagen. Mayara não quis informar dados ou projeções, as acredita que terá um Natal “muito melhor do que ano passado”.

O Shopping Center Lapa, que inaugurou a decoração na última quinta-feira (28), lançou uma promoção de sortear dez vales-compra de R$ 1 mil, e três patinetes elétricas. Participam da premiação os clientes que gastarem mais de R$ 150 em compras entre 1 de novembro e 3 de janeiro de 2022. Os sorteios acontecerão através da Loteria Federal. A gerente de marketing do Center Lapa, Ivanir Matos, aposta em alta nas vendas em torno de 15% em comparação ao ano anterior. O tema da decoração é o Shrek, do Reino De Tão Tão Distante.

Lojas de rua estimam aumento de 10% nas vendas

Assim como os shopping, as lojas de rua estão otimistas para o Natal. O presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado da Bahia (Sinlojas), Paulo Motta, a projeção das vendas para o último trimestre do ano é de 10% a mais que em 2019. “Estamos muito esperançosos de conquistar uma recuperação mais consistente, já que os horários estão liberados e as pessoas voltaram ao hábito de fazer compras”, afirma Motta. Ele ainda diz que mais de 5 mil empregos temporários serão gerados nessa época.

Horário de funcionamento dos shopping centers e Papai Noel:
Shopping Barra
Segunda a sábado: 10h às 22h; domingos: 12h às 20h.
Papai Noel: 10h até 21h, todos os dias

Shopping Bela Vista
Segunda a sábado: 9h às 22h; domingos e feriados: 12h às 21h
Papai Noel: 14h às 22h, todos os dias

Shopping Paralela
Papai Noel: 13h às 20h, todos os dias

Salvador Norte Shopping
Segunda a sábado: 9h às 22h; domingo: 12h às 21h
Papai Noel: 12h às 20h, de sexta à domingo. A partir de 13 de dezembro, todos os dias

Salvador Shopping
Segunda à sábado: 9h às 22h; domingo: 12h às 21h
Papai Noel: todos os dias, durante todo o horário de funcionamento do shopping

Paseo
Segunda a sábado: 9h às 21; domingo, 12h às 19h
Papai Noel: 16h às 21h, dias de sexta e sábado (novembro) e quinta a sábado (dezembro)

Center Lapa
Segunda a sexta: 9h às 21h; sábados: 9h às 20h; domingos: 11h às 19h
Papai Noel: segunda à sábado, de 13h às 19h

Shopping Piedade
Segunda à sexta: 9h às 21h; sábado: 9h às 20h; domingo: fechado
Papai Noel: de segunda a sábado, das 14h às 20h (novembro)

 

Fonte: Correio*

Ciro Gomes resolveu suspender a sua pré-candidatura à Presidência da República após a bancada do seu partido, o PDT, ter votado a favor pela PEC dos Precatórios, aprovada em primeiro turno pela Câmara. A decisão de Ciro foi publicada em suas redes sociais, na manhã desta quinta-feira (4).

"A mim só me resta um caminho: deixar a minha pré-candidatura em suspenso até que a bancada do meu partido reavalie sua posição.
Temos um instrumento definitivo nas mãos, que é a votação em segundo turno, para reverter a decisão e voltarmos ao rumo certo", escreveu.

Ele disse ainda que se surpreendeu com a decisão do partido. "Há momentos em que a vida nos traz surpresas fortemente negativas e nos coloca graves desafios. É o que sinto, neste momento, ao deparar-me com a decisão de parte substantiva da bancada do PDT de apoiar a famigerada PEC dos Precatórios", disse.

Ciro disse ainda que o PDT não pode compactuar com "a farsa e os erros bolsonaristas". "Justiça social e defesa dos mais pobres não podem ser confundidas com corrupção, clientelismo grosseiro, erros administrativos graves, desvios de verbas, calotes, quebra de contratos e com abalos ao arcabouço constitucional", concluiu.

Votação da PEC
Por 312 votos a favor e 144 contra, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (4), em primeiro turno, o texto-base do relator Hugo Motta (Republicanos-PB), da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 23/21. Conhecida como PEC dos Precatórios, ela limita o valor de despesas anuais com precatórios, corrige seus valores exclusivamente pela Taxa Selic e muda a forma de calcular o teto de gastos.

Para concluir a votação da matéria, os deputados precisam analisar e votar os destaques apresentados pelos partidos, que podem ainda mudar trechos da proposta. A sessão poderá ocorrer ainda hoje.

De acordo com o texto-base aprovado, os precatórios para o pagamento de dívidas da União relativas ao antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), atual Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), deverão ser pagos em três anos, sendo 40% no primeiro ano, 30% no segundo e 30% no terceiro ano.

Precatórios são dívidas do governo com sentença judicial definitiva, podendo ser em relação a questões tributárias, salariais ou qualquer outra causa em que o poder público seja o derrotado.

Com o clube do coração na zona há 18 rodadas seguidas, o risco de rebaixamento já não é mais novidade para os torcedores do Vitória. Porém, a situação rubro-negra ficou ainda mais delicada na Série B do Brasileiro após o feriadão. A derrota em casa para o CSA aumentou a probabilidade da equipe baiana cair para a Série C. Diante de mais de 8 mil torcedores, a equipe comandada por Wagner Lopes perdeu por 1x0, no Barradão. As estatísticas agora apontam que a chance de queda do Leão é de 96,8%.

Os cálculos são do departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que estuda os números do futebol nacional. O risco de queda do Vitória é o maior entre os times que ainda lutam para seguir na divisão de acesso. Isso porque o lanterna Brasil de Pelotas já está rebaixado.

Com 33 pontos, o rubro-negro é o 18º colocado da Série B. O jogo da noite de quarta-feira (3), entre Botafogo e Confiança, não foi levado em consideração. Veja no box abaixo os critérios analisados para a estatística.

A zona de rebaixamento é a realidade do Vitória em quase toda essa edição da Série B. O rubro-negro esteve nela em 23 das 33 rodadas disputadas. A primeira vez que o Leão entrou foi na 4ª rodada. Depois, reapareceu na 7ª e 8ª. Figurou outra vez na 11ª e 12ª até entrar de uma vez na 16ª e não conseguir sair mais. A melhor posição alcançada pelo time baiano no campeonato foi a 10ª, após o jogo de estreia.

A cinco rodadas do fim do campeonato, a tabela de classificação mostra que a luta contra o rebaixamento tende a ser problema de sete times, apesar de dois deles terem chances menores de lamentarem no encerramento da temporada. Estamos nos referindo a Sampaio Corrêa e Cruzeiro, que, de acordo com a UFMG, têm 6,9% e 9,5% de risco de descenso. A equipe maranhense está na 13ª colocação e a mineira aparece na 14ª. Ambas têm 40 pontos. A Ponte Preta vive situação pior que a deles dois. Na 15ª posição, com 39 pontos, a Macaca tem 19,3% de probabilidade de lamentar uma ida à Série C.

Primeiro time fora do Z4, o Brusque tem 30% de risco de queda e os mesmos 38 pontos do Londrina, que abre o grupo de degola e aparece com 39,5% de chance de rebaixamento. A probabilidade do Confiança é bem mais alta: 87,1%. O time sergipano tem 31 pontos e está em 19º lugar. Como a terceira divisão já é uma realidade para o Brasil de Pelotas, somente três vagas da zona ainda estão indefinidas.

Número mágico
Levando em consideração o histórico das edições anteriores da Série B, tem-se 45 pontos como o número mágico a ser atingido para garantir a permanência na divisão de acesso. Para alcançar essa pontuação, o Vitória precisará vencer quatro das cinco partidas restantes.

No entanto, em muitas edições foi possível escapar do rebaixamento somando menos. De acordo com o departamento de matemática da UFMG, com 44 pontos, o risco de queda é de 32,2%. Para chegar a esse número, o Leão precisará vencer três partidas e empatar as outras duas. Com 43 pontos, a probabilidade aumenta para 65,6% e o rubro-negro teria que ganhar três jogos e empatar só um. Se somar 42 pontos, a chance de cair é bem maior: 89,9%. Pra somar isso, o time baiano tem que vencer três jogos ou vencer dois e empatar três.

Reagir no campeonato é condição essencial para se salvar. O Vitória volta a campo amanhã, às 19h, quando visita o Avaí, na Ressacada. Ao contrário dos times citados anteriormente, a luta da equipe catarinense é para conquistar o acesso à Série A. Terceiro colocado, tem 56 pontos conquistados.

Como cálculo é realizado?
Classificação geral O primeiro quesito em análise pelo departamento de matemática da UFMG é a campanha geral do time no campeonato. O Vitória tem 33 pontos em 33 rodadas, com um aproveitamento de 33%.

Mandante Outro ponto estudado é o fator casa. No Barradão, em 17 jogos, foram quatro vitórias, sete empates e seis derrotas: 17º melhor campanha entre os 20 clubes da Segundona.
Visitante O desempenho longe de Salvador também é levado em consideração. Nesse caso, o rubro-negro tem o 18º pior aproveitamento, à frente só de Ponte Preta e Brasil de Pelotas.
Últimas 10 rodadas Por fim, o cálculo considera a tendência de ascensão ou declínio. Nos últimos 10 jogos, o Vitória só ganhou dois: 17ª pior equipe.

A diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos (EUA), Rochelle Walensky, manifestou, nessa terça-feira (2), apoio ao amplo uso da vacina Pfizer-BioNTech contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos de idade. Com isso, a instituição abre caminho para que as doses comecem a ser aplicadas imediatamente nessa faixa etária.

O anúncio chega horas depois que os conselheiros do CDC apoiaram por unanimidade a aplicação da vacina em crianças, dizendo que os benefícios superam os riscos. Grande parte de discussão que travaram girou em torno de casos raros de inflamação cardíaca que foram ligados à vacina, particularmente em homens jovens.

A agência reguladora norte-americana Food and Drugs Administration (FDA) já havia concedido autorização para uso emergencial do imnizante em crianças de 5 a 11 anos na sexta-feira (29).

A FDA autorizou a aplicação de uma dose de 10 microgramas em crianças pequenas. A dose original, dada àqueles com 12 anos ou mais, é de 30 microgramas.

"Sabemos que milhões de pais estão ansiosos para vacinar seus filhos e, com essa decisão, recomendamos agora que cerca de 28 milhões de crianças recebam uma vacina contra a covid-19", disse a diretora em comunicado.

No início da reunião, Walensky informou que as hospitalizações pediátricas haviam aumentado durante a recente onda de infecções, impulsionada pela variante Delta do novo coronavírus.

Acrescentou que o fechamento de escolas tem tido impactos prejudiciais à saúde social e mental das crianças. "A vacinação pediátrica tem o poder de nos ajudar a mudar tudo isso".

Joe Biden
O presidente dos EUA, Joe Biden, considerou a autorização uma virada na batalha contra a covid-19. "O programa de vacinação se intensificará nos próximos dias e estará em pleno funcionamento durante a semana de 8 de novembro. Os pais poderão levar seus filhos a milhares de farmácias, consultórios de pediatria, escolas e outros locais para serem vacinados", disse Biden em comunicado.

Estudo
Dados do CDC mostram que cada milhão de doses da vacina administrada pode evitar entre 80 e 226 internações de crianças de 5 a 11 anos.

Os membros do painel do CDC defenderam a vacinação da faixa etária antes da votação. Muitos disseram que estavam ansiosos para que seus filhos ou netos nessa faixa etária recebessem a vacina.

"Eu sinto que tenho a responsabilidade - todos nós temos - de disponibilizar essa vacina para as crianças e seus pais", disse Beth Bell, membro do painel do CDC e integrante da Escola de Saúde Pública da Universidade de Washington.

"Temos excelentes evidências de eficácia e segurança. Temos uma análise favorável de risco/benefício. E temos muitos pais por aí que realmente clamam e querem que seus filhos sejam vacinados."

A Pfizer e a BioNTech disseram que sua vacina mostrou 90,7% de eficácia contra o novo coronavírus em um ensaio clínico com crianças de 5 a 11 anos de idade.

Apenas alguns países, incluindo a China, Cuba e os Emirados Árabes, liberaram até agora vacinas contra a covid-19 para crianças nessa faixa etária e mais jovens.

No fim de outubro, a Pfizer informou que pedirá à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para aplicação da vacina em crianças de 5 a 11 anos no Brasil.

*Com informações da Reuters

As mudanças nos nomes de estabelecimentos dentro da plataforma iFood, na noite dessa terça-feira (2) foi causada por um funcionário de uma empresa terceirizada. Em comunicado publicado no Twitter, a empresa explicou que o funcionário tinha permissão para "ajustar informações cadastrais dos restaurantes".

Publicações no Twitter indicavam que a modificação dos nomes aconteceu para usuários de diversas partes do país, como Salvador, Florianópolis, Natal, entre inúmeras outras cidades. Logo após a mudança, o acesso do funcionário foi interrompido, segundo o iFood.

A plataforma passou a exibir, no lugar dos nomes dos estabelecimentos, frases como “Vacina Mata”, “Bolsonaro 2022”, “Lula Ladrão” e “Petista Comunista”.

Nas redes sociais, usuários relataram medo de terem os dados vazados, mas a plataforma explicou ainda que as informações estão seguras, pois os dados de meios de pagamento não são armazenados nos bancos do iFood, ficando gravados apenas nos dispositivos dos próprios usuários. Além disso, a plataforma disse que não há informação de vazamento de dados.