Sábado, 25th Maio 2019
7:15:38am
O Jornal da Cidade

O Jornal da Cidade

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) considera que a homofobia é crime, equiparando as penas por ofensas a homossexuais e a transexuais às previstas na lei contra o racismo. Uma das principais reivindicações de militantes LGBT no país, o tema chegou à Corte por meio de duas ações, movidas pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transgêneros e Intersexos (ABGLT) e o Partido Popular Socialista (PPS), em 2012 e 2013, respectivamente. O julgamento foi iniciado em fevereiro e, embora seis dos onze ministros já tenham votado pela penalização do crime com até três anos de prisão, a discussão foi suspensa antes de chegar ao fim, e deve ser retomada no próximo dia 5 de junho.

Num país clivado pela polarização política e pela "guerra cultural" entre progressistas e bolsonaristas, o debate no Supremo se transformou em mais um capítulo da disputa entre parte do Legislativo e a cúpula do Judiciário. Expoentes da bancada conservadora no Congresso, empoderados com a chegada do Governo ultradireitista de Bolsonaro ao Planalto, acusam a Corte de querer legislar em temas de costumes, sem ter poder para tal, enquanto os magistrados argumentam que têm independência para fazê-lo e que é dever do Judiciário proteger as minorias sociais. As ações em julgamento acabam tocando diretamente no ponto: elas pedem a fixação de um prazo para que seja criada uma lei específica para os crimes de homofobia. Ou seja, pedem que o STF inste o Parlamento a criar uma legislação e, até lá, estabeleça uma tipificação provisória. Apesar da maioria formada sobre o criminalização da homofobia, o STF ainda não deliberou sobre esse prazo.

A sessão desta quinta começou discutindo justamente se o Supremo deveria avançar no debate sobre a homofobia ou esperar pelo Parlamento. O motivo é que o julgamento ocorreu apenas um dia depois de avançar no Senado um projeto sobre o mesmo tema. Na quarta-feira, e tendo no horizonte a votação na Corte, foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) o PL 672/2019, que prevê incluir na Lei de Racismo a discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero. Minutos antes da retomada da discussão no Supremo, o Senado enviou ao tribunal uma petição demonstrando que o tema já estava sendo apreciado no Congresso.

O presidente da Corte, Antonio Dias Toffoli, decidiu então colocar a questão em votação: julgar ou esperar os congressistas? "A preservação da integridade física e moral das pessoas não deve esperar", defendeu o ministro Luís Roberto Barroso. "Quem é atacado e discriminado tem pressa", completou. Já Toffoli, a favor da interrupção do julgamento, defendeu inclusive que a discussão sobre homofobia já havia causado efeito na redução da violência contra esse grupo. “Ao que tudo indica, já houve diminuição nas agressões e na violência”, afirmou, sem citar números. A tentativa de Toffoli de não acirrar ainda mais os ânimos com os conservadores do Congresso falhou. Por 9 a 2, o julgamento foi retomado.

Durante a sessão, o decano do STF, Celso de Mello, decidiu responder diretamente aos parlamentares conservadores que pedem seu impeachment justamente porque ele e outros três magistrados votaram para criminalizar a homofobia. O pedido de destituição foi feito pela deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF), uma das entusiastas da mobilização pró-Governo Bolsonaro marcada para o próximo domingo e que tem como um alvo das críticas o próprio Supremo. Mello disse que o pedido de impeachment era "manifestação de superlativa intolerância por parte dos denunciantes". “Sem juízes independentes não há cidadãos livres", afirmou.

O embate está longe de ter fim. Além da questão LGBT, há ainda o tema da política antidrogas. Na semana passada, o Senado aprovou lei que endurece a política antidrogas, às vésperas de o Supremo retomar julgamento sobre a descriminalização do uso e porte de maconha, que está parado desde 2015. Tanto a criminalização da homofobia como o tema da maconha devem voltar ao plenário em 5 de junho.

Caminho no Senado e religião
Boa parte do movimento LGBT comemorou a formação de maioria no Supremo para criminalizar a homofobia —ainda que setores, especialmente ligados ao movimento negro, critiquem a abordagem "punitivista" da legislação proposta, pelo seu potencial de acabar levando à cadeia mais negros e pobres, como acontece em todos os demais crimes.

No Parlamento, como esperado, integrantes das bancadas mais conservadoras lamentaram em meio a expectativa de que o PL 672/2019 aprovado na CCJ siga tramitando. O texto deve passar novamente pela comissão antes de seguir para a Câmara dos Deputados, já que o projeto aprovado é diferente do original apresentado aos deputados.

De acordo com o texto aprovado na CCJ do Senado, estão sujeitos a punição de até cinco anos de prisão os crimes em decorrência de preconceito com identidade de gênero e/ou orientação sexual, igualando-os aos crimes por preconceito de raça, cor, etnia, religião e procedência nacional. Também ficou estabelecida pena de um a três anos de reclusão para quem "impedir o acesso ou recusar o atendimento em restaurantes, bares, confeitarias ou locais semelhantes abertos ao público".

Às punições, foi acrescentada pena para quem impedir ou restringir "manifestação razoável de afetividade de qualquer pessoa em local público ou privado aberto ao público", com uma ressalva a templos religiosos. Mas não fica claro o que significa "manifestação razoável de afetividade".

A comunidade religiosa e principalmente a evangélica entrou na discussão argumentando temer pela liberdade de expressão. As lideranças dizem se preocupar com a possibilidade de que a eventual criminalização da homofobia os impeça de pregar que o relacionamento íntimo entre pessoas do mesmo sexo constitui pecado. Ou mesmo que sejam obrigados a celebrar a união homoafetiva.

Fonte: El País

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) decidiu suspender cautelarmente todas as operações da Avianca Brasil. Com isso, todos os voos da empresa ficam suspensos até que ela comprove capacidade para manter as atividades em segurança.

Segundo informações do G1, em anúncio feito nesta sexta-feira (24), a Anac explica que a decisão foi tomada com base em informações prestadas à área responsável por segurança operacional da agência.

Passageiros com voos para os próximos dias devem entrar em contato com a Avianca e não se deslocar para os aeroportos até que novas informações sejam divulgadas. Enquanto isso, a empresa permanece obrigada a cumprir integralmente a legislação que define a oferta de opções como reembolso e reacomodação para os passageiros que assim desejarem.

A companhia aérea entrou em processo de recuperação judicial desde dezembro de 2018 e os funcionários alegam que não estão recebendo seus salários nem o depósito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Além disso, milhares de voos já foram suspensos, causando transtorno em diversos aeroportos do país.

 

Com o intuito de garantir que os medicamentos das farmácias das unidades de saúde beneficiem a população de Camaçari, a Secretaria de Saúde (Sesau) informa que, para retirada dos mesmos, é necessária a apresentação do Cartão SUS de Camaçari e documento que comprove a identidade do paciente, como RG ou CNH.

Em 2018, foram investidos R$ 3.800.000,00 em medicamentos. “Após realizarmos um acompanhamento detalhado, percebemos que moradores de outros municípios da Região Metropolitana estavam retirando medicamentos em nossas farmácias. Dessa forma, não tem investimento em medicamento que dê conta. Para acabar com isso e garantir que os medicamentos beneficiem nossa população é que tomamos essa medida. Pedimos a compreensão de todos. Afinal, é uma medida para beneficiar nossa população”, explica Elias Natan, secretário de Saúde.

A Sesau orienta aos pacientes o uso consciente de medicamentos. “Afinal, a saúde não está no uso deles. Está em hábitos saudáveis para cuidar de nossa saúde e prevenir contra doenças. Faça exercícios. Se alimente bem. Tenha um estilo de vida saudável. E com certeza você nem precisará usar remédios. Nós temos exemplos de várias pessoas ao nosso redor que, pelo simples ato de começarem a caminhar ou praticar outra atividade física, deixaram de usar medicamentos e hoje são mais felizes”, afirma Luiz Duplat, subsecretário de Saúde.

Quem pretende estudar em uma instituição pública de ensino superior nesse segundo semestre já pode ir se preparando. Nesta quinta-feira (23), o Ministério da Educação abriu a consulta para as oportunidades do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em todo o Brasil. Na Bahia, são 6.809 vagas disponíveis em 32 cidades. Preenchidas, elas formarão mais de 220 novas turmas nos diversos cursos. No estado, nove instituições utilizam o Sisu para seleção de alunos, entre estaduais e federais.

Para tentar uma das vagas do Sisu, o candidato precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não pode ter tirado nota zero na redação. Até o próximo dia 4 de junho, só será possível consultar as vagas. No dia 4, as inscrições serão abertas. Quem for aprovado já começa a fazer a matrícula para o curso no dia 12 de junho. Para se inscrever, o candidato precisa acessar o site oficial do programa (sisu.mec.gov.br) e informar número de inscrição e senha do Enem 2018.

Da abertura das inscrições no Sisu até o dia 7, os concorrentes poderão selecionar duas opções de curso para tentar uma vaga. As informações no sistema são atualizadas durante o período e o aluno pode mudar de ideia de acordo com sua posição no ranking do curso escolhido. Ou seja, se a nota não for suficiente, há tempo para mudar para uma que se encaixe.

No primeiro semestre deste ano, o Sisu ofereceu mais de 15 mil vagas na Bahia – 4,9 mil delas foram somente na capita. Agora, no segundo semestre, das 6,8 mil vagas no estado, 2.202 são em Salvador.

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) tem o maior núero de vagas – 1.532 -, seguida da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), com 1.375, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), com 1.065, da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), com 1.007, do Instituto Federal da Bahia (Ifba), 990, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), com 391, do IFBaiano, com 200, da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), 145, e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), com 104 vagas.

Segundo o MEC, o simulador com dados de edições passadas do Sisu ficará fora do ar até o dia 10.

Preparação
Para o estudante Alafin Vasconcelos, 19 anos, que segue estudando em cursinho pré-vestibular, mesmo depois de ter realizado a prova do Enem no ano passado, o importante é ser aprovado – mesmo que seja na lista de espera. A esperança dele é alcançar uma vaga no curso de Medicina. Em Salvador, são 64 vagas na Ufba e outras 20 na Uneb.

“Me identifico bastante com a área da saúde, meus pais me apoiam muito e investem bastante em minha educação. Tive uma preparação intensa para o Enem 2018, foram muitos estudos de disciplinas humanas e exatas”, diz Alafin. Filho de um professor e uma advogada, o jovem conta que seu sonho é se tornar um cirurgião de sucesso no futuro.

Alafin quer estudar Medicina
(Foto: Marina Silva/CORREIO)
Estudando no mesmo cursinho que Alafin, a jovem Juliana Araújo, 19, veio de Valença, no Sul da bahia, desde o fim do seu ensino médio, há quatro meses, para morar em Salvador. Também interessada na área de saúde, o sonho dela é seguir os passos de dois primos e se tornar dentista. Para isso, ela busca uma das 48 vagas para o curso oferecidas pela Ufba.

“Eu me interessei por Odontologia por ser um curso bom e pretendo seguir na profissão aqui. Quero essa vaga na Ufba, pois não pretendo cursar em uma particular. O curso é caro e não teríamos condições de bancar”, conta Juliana.

Já Daniel Lima, 17, espera que seu desempenho no Enem 2018 seja o suficiente para garantir uma vaga no curso de Farmácia. São 56 na Ufba e 20 na Uneb.

“Fiz um curso técnico de atendente de farmácia no Cebrac e, desde então, decidi o que queria. Foquei bastante em química, que pesa bastante para a nota de corte, mas sem esquecer das outras disciplinas também”, afirma Daniel, que está no último ano do ensino médio e quer estudar na Ufba ou Uneb.

Competências
Independente da profissão, alguns pontos merecem a atenção dos futuros universitários no período de formação. É o que destaca o especialista em Recursos Humanos Renato Ribeiro.

“Existe uma velocidade muito grande de mudanças no mercado de trabalho frente às tecnologias. O que um determinado profissional faz hoje vai ser diferente do que ele fará depois”, explica.

Uma aproximação com a tecnologia é bastante importante para o futuro profissional, em qualquer área. Vale investir em um segundo idioma, em habilidades de relacionamento interpessoal e de adaptabilidade para garantir uma boa posição no mercado.

Bloqueio
O número de vagas oferecidas neste segundo semestre não foi afetado pelos bloqueios de orçamento impostos pelo MEC às universidades e institutos federais desde abril. “Podemos dizer que os cortes prejudicam o funcionamento da universidade cotidianamente, mas neste momento eles não afetaram o número de vagas. Continuamos funcionando mantendo o mesmo padrão de qualidade e a mesma quantidade de vagas do semestre passado”, observou Penildon Silva Filho, pró-reitor de Graduação da Ufba.

Ainda segundo o professor, o calendário acadêmico para o próximo semestre também não sofrerá mudanças, pelo menos em seu início. “Apenas a partir de setembro, caso os cortes sejam mantidos, é que alguns setores precisarão deixar de funcionar, porque não há como funcionar sem água, luz, segurança. Mas nós confiamos que esse orçamento será recomposto, estamos dialogando bastante com o MEC para isso”, completa.

Assim como a Ufba, o Instituto Federal da Bahia (Ifba) informou que as limitações orçamentárias não afetaram a quantidade de vagas nem o início dos estudos para os novos alunos. Isto porque os bloqueios incidem no orçamento de custeio e não estariam relacionados à quantidade de vagas oferecidas. No interior, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) também informou não haver qualquer alteração na quantidade de vagas.

Veja onde estão as 6.809 vagas na Bahia:

ALAGOINHAS

Uneb / Curso/ Vagas

História – 15

Letras – Língua Inglesa E Respectivas Literaturas- 20

Letras – Língua Portuguesa E Literaturas De Língua Portuguesa – 25

Sistemas De Informação – 15

AMARGOSA / Ufrb / Curso / Vagas

Educação Física – 50

Física – 50

Letras – Libras/Língua Estrangeira – 50

Pedagogia – 50

Química – 50

BARREIRAS / Uneb/ Curso/ Vagas

Ciências Biológicas – 20

Medicina Veterinária- 25

Pedagogia -15

Pedagogia – 15

BOM JESUS DA LAPA/ Uneb/ Curso / Vagas

Administração – 15

Ciências Contábeis – 15

Pedagogia – 15

Ifbaiano / Curso / Vagas

Engenharia Agronômica – 40

BRUMADO / Uneb / Curso/ Vagas

Direito – 15

Letras – Língua Portuguesa E Literaturas De Língua Portuguesa – 15

CACHOEIRA / Ufrb / Curso / Vagas

Artes Visuais – 25

Artes Visuais – 25

Cinema E Audiovisual – 40

Ciências Sociais – 25

Ciências Sociais – 25

Comunicação Social – Jornalismo – 40

Gestão Pública – 50

História – 50

Museologia – 50

Serviço Social – 50

CAMAÇARI / Uneb / Curso / Vagas

Ciências Contábeis – 25

Ciências Contábeis – 25

Direito- 15

Ifba / Curso / Vagas

Computação – 30

Matemática – 40

Ufba / Curso / Vagas

Interdisciplinar Em Ciência, Tecnologia E Inovação – 50

CONCEIÇÃO DO COITÉ / Uneb /Curso Vagas

História – 15

CRUZ DAS ALMAS / Ufrb / Curso Vagas

Agronomia -50

Biologia – 60

Biologia – 40

Ciências Exatas E Tecnológicas – Bi/Li – 150

Engenharia De Pesca- 60

Engenharia Florestal – 70

Engenharia Sanitária E Ambiental – 40

Medicina Veterinária – 40

Zootecnia – 70

EUCLIDES DA CUNHA/ Uneb / Curso / Vagas

Engenharia Agronômica – 15

Letras – Língua Portuguesa E Literaturas De Língua Portuguesa- 25

FEIRA DE SANTANA / Uefs / Curso / Vagas

Administração – 42

Agronomia- 42

Ciências Biológicas – 22

Ciências Biológicas – 28

Ciências Contábeis – 42

Ciências Econômicas – 42

Direito – 42

Educação Física – 42

Enfermagem- 42

Engenharia Civil – 42

Engenharia De Alimentos- 42

Engenharia De Computação – 42

Farmácia – 32

Filosofia – 32

Filosofia – 17

Física – 20

Física – 30

Geografia – 17

Geografia – 32

História – 42

Letras – Espanhol -22

Letras – Francês – 17

Letras – Inglês – 22

Letras – Língua Portuguesa – 42

Matemática – 42

Medicina – 32

Odontologia – 32

Pedagogia – 42

Psicologia – 32

Química – 32

Ufrb / Curso / Vagas

Engenharia De Energias – 20

Engenharia De Materiais – 15

Engenharia De Produção – 5

Engenharia De Tecnologia Assistiva E Acessibilidade – 15

Interdisciplinar Em Energia E Sustentabilidade – 40

Ifba/ Curso/ Vagas

Sistemas De Informação – 40

IRECÊ / Ifba / Curso/ Vagas

Análise E Desenvolvimento De Sistemas – 30

Manutenção Industrial – 30

ITABERABA/ UNEB / CURSO/ VAGAS

HISTÓRIA – 20

LETRAS – LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA – 20

PEDAGOGIA – 15

ITABUNA / Ufsb / Curso / Vagas

Engenharia Agrícola E Ambiental – 20

Engenharia Ambiental E Da Sustentabilidade – 30

Engenharia Florestal – 20

ITAPETINGA / Uesb / Curso / Vagas

Ciências Biológicas -10

Ciências Biológicas – 10

Pedagogia- 15

Zootecnia- 15

JACOBINA / Uneb / Curso / Vagas

Direito – 15

JEQUIÉ/ UESB / CURSO VAGAS /

ENFERMAGEM -13

FARMÁCIA – 20

FISIOTERAPIA – 13

LETRAS – PORTUGUÊS E LITERATURAS DA LÍNGUA PORTUGUESA – 20

MATEMÁTICA – 20

ODONTOLOGIA -10

PEDAGOGIA – 20

QUÍMICA -10

IFBA/ CURSO VAGAS /

ENGENHARIA MECÂNICA – 40

JUAZEIRO/ UNEB / CURSO VAGAS

DIREITO – 15

ENGENHARIA AGRONÔMICA -15

JORNALISMO EM MULTIMEIOS -25

LAURO DE FREITAS / IFBA / CURSO VAGAS

ENGENHARIA DE ENERGIA – 50

JOGOS DIGITAIS – 50

PAULO AFONSO/ Uneb / Curso / Vagas

Engenharia De Pesca – 15

Matemática – 15

Pedagogia – 15

PORTO SEGURO / Ifba / Curso / Vagas

Agroindústria – 30

Computação – 35

Química – 35

Ufsb /Curso / Vagas

Antropologia – 20

Artes Do Corpo Em Cena – 5

Ciências Biológicas – 10

História – 10

Oceanologia – 20

Som, Imagem E Movimento- 10

SALVADOR / Ufba / Curso / Vagas

Abi – Ciências Biológicas -36

Abi – Ciências Biológicas -36

Abi – Geografia – 24

Abi – Letras Vernáculas – 36

Abi – Letras Vernáculas E Língua Estrangeira Moderna – 36

Abi – Língua Estrangeira – 36

Abi – Língua Estrangeira Moderna Ou Clássica – 36

Abi – Química – 32

Ciência Da Computação – 36

Comunicação Social – 24

Comunicação Social – Jornalismo – 24

Farmácia- 56

Abi – Ciências Sociais – 48

Psicologia – 36

Administração – 60

Biotecnologia – 24

Ciências Contábeis -44

Fisioterapia – 36

Fonoaudiologia – 24

Pedagogia – 36

Pedagogia – 40

Secretariado Executivo – 32

Direito – 70

Direito – 80

Enfermagem – 40

Engenharia Civil – 72

Engenharia Elétrica – 36

Engenharia Mecânica – 36

Engenharia Química – 36

Serviço Social – 36

Gastronomia – 36

Nutrição – 40

Medicina – 64

Medicina Veterinária – 60

Zootecnia – 36

Odontologia – 48

Ifba /Curso / Vagas

Administração – 40

Análise E Desenvolvimento De Sistemas – 40

Engenharia Industrial Elétrica – 30

Engenharia Industrial Mecânica – 30

Engenharia Química – 30

Física – 40

Geografia – 40

Matemática – 40

Uneb / Curso / Vagas

Administração – 30

Ciências Contábeis – 30

Ciências Sociais -15

Ciências Sociais -15

Design -15

Enfermagem -20

Engenharia De Produção Civil- 15

Farmácia – 20

Fisioterapia- 20

Fonoaudiologia -20

Letras – Língua Inglesa E Respectivas Literaturas -20

Letras – Língua Portuguesa E Literaturas De Língua Portuguesa -20

Medicina – 20

Nutrição – 20

Pedagogia -15

Química -15

Relações Públicas -30

Sistemas De Informação -15

Turismo e Hotelaria – 45

Urbanismo – 15

Filosofia – 15

SANTA INÊS / IFBaiano / Curso / Vagas

Biologia – 40

Geografia – 40

Zootecnia – 40

SANTO AMARO / Ifba / Curso / Vagas

Computação – 30

SANTO ANTÔNIO DE JESUS / Ifba / Curso / Vagas

Análise E Desenvolvimento De Sistemas – 30

Produção Multimídia – 30

Redes De Computadores – 30

UFRB / Curso / Vagas

Enfermagem – 15

Medicina – 10

Nutrição – 15

Psicologia – 30

SEABRA / Uneb / Curso / Vagas

Letras – Língua Inglesa E Respectivas Literaturas – 15

Letras – Língua Portuguesa E Literaturas De Língua Portuguesa – 15

SENHOR DO BONFIM / Uneb / Curso / Vagas

Ciências Biológicas – 15

Matemática -15

Pedagogia – 15

SERRINHA / Uneb / Curso Vagas

Administração – 15

Geografia – 15

Pedagogia – 15

SIMÕES FILHO / Ifba / Curso / Vagas

Eletromecânica – 40

SÃO FRANCISCO DO CONDE / Unilab / Curso / Vagas

Humanidades – Bi/Li – 82

Letras – Língua Portuguesa – 22

VALENÇA/ IFBaiano / Curso /Vagas

Ciências Biológicas -40

VITÓRIA DA CONQUISTA / Uesb / Curso / Vagas

Administração – 20

Agronomia – 20

Cinema E Audiovisual – 20

Ciências Sociais -20

Direito – 20

Filosofia – 20

Geografia -20

História – 20

Medicina – 15

Pedagogia – 20

Psicologia -20

Ifba / Curso/ Vagas

Engenharia Ambiental – 40

Engenharia Elétrica – 50

Sistemas De Informação – 40

Fonte: Correio

Uma professora e alguns estudantes da Universidade Federal da Bahia (Ufba) foram assaltados na manhã desta quarta-feira (22), dentro do Instituto de Matemática e Estatística, no campus de Ondina. Dois homens invadiram o local e levaram um notebook e três celulares.

Em nota, a instituição informou que os bandidos estavam com armas brancas e que ninguém ficou ferido. A Coordenação de Segurança da UFBA (Coseg) foi acionada pela direção do Instituto, prestou apoio às vítimas, e as acompanhou para prestar queixa na 7ª Delegacia (Rio Vermelho).

A Ufba não detalhou em qual ponto do campus houve o assalto, no entanto, estudantes relataram em redes sociais que a ação ocorreu em sala de aula.

A Ufba afirmou que a Coseg forneceu à polícia civil imagens que permitem a identificação dos dois criminosos. As câmeras de vigilância mostraram também que eles fugiram pela Avenida Garibaldi, em direção à Federação. "A administração central segue acompanhando e apoiando totalmente o grupo assaltado", conclui a nota.

Fonte: Correio24horas

Vinte e cinco pessoas morreram na Bahia este ano com algum tipo de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). O dado foi divulgado nesta quinta-feira (23), pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) e corresponde a semana epidemiológica 21, com dados levantados até 22 de maio.

Entre os 417 municípios baianos, 55 registraram casos de SRAG. O município com maior registro foi Salvador, com 297 casos, o que equivale a 63,6% do total de casos notificados no estado. A capital baiana também teve o maior número de óbitos, com 17 casos.

Em toda a Bahia foram 467 casos de síndrome, 48 confirmados para Influenza, 55 por outros vírus respiratórios, 128 com amostras negativas e 236 casos estão em investigação.

Conforme registrado no boletim, dos 48 casos confirmados para Influenza, 24 foram ocasionados pelo vírus Influenza A H1N1, 18 pelo vírus Influenza A H3N2 sazonal, um Influenza A não subtipado e cinco por Influenza B.

Foram identificados outros vírus respiratórios dentre as amostras positivas dos casos investigados: Vírus Sincicial Respiratório (22), Parainfluenza1 (2), Parainfluenza3 (4), Adenovírus (3) e Metapneumovírus (24).

De acordo com o boletim da Sesab, dos 25 óbitos, quatro foram por H1N1, três por Influenza H3N2, um por Parainfluenza I, três óbitos estão sendo investigados e em 14 óbitos não houve identificação de vírus.

Os casos de síndrome respiratória por H1N1 ocorreram com maior incidência na faixa etária de 50 a 59 anos (0,4 por 100 mil hab.), e a maior letalidade foi registrada no grupo de menores de 2 anos e 2 a 4 anos.

Os 467 casos notificados representam redução de 63,25% em relação aos dados do mesmo período de 2018.

No ano passado, nos meses do primeiro semestre, foram notificados 1.271 casos e 116 óbitos de SRAG. Foram confirmados 306 casos e 37 óbitos por Influenza, dentre eles Influenza A H1N1 (225 casos e 27 óbitos), Influenza A H3N2 Sazonal (36 casos e 05 óbitos), Influenza A não subtipado (11 casos e 01 óbito) e Influenza B (34 casos e 04 óbitos).

Fonte: G1/Bahia

Começa a valer nesta quinta-feira (23) o despacho obrigatório da bagagem de mão fora do padrão nos aeroportos de Guarulhos (SP) e Salvador. Nas últimas duas semanas, os passageiros foram orientados sobre a determinação.

Os aeroportos são os dois últimos dos 15 previstos para adotarem a medida – outros 13 terminais já obrigam ao despacho (veja as regras ao final da reportagem). Nesses terminais, as bagagens que excederem o tamanho permitido devem ser despachadas nos balcões de check-in das companhias aéreas, e estarão sujeitas a cobrança pelo serviço.

Aeroportos com despacho obrigatório de bagagem de mão fora do padrão:

Juscelino Kubitschek (Brasilia)
Afonso Pena (Curitiba)
Viracopos (Campinas)
Aluízio Alves (Natal)
Confins (Belo Horizonte)
Pinto Martins (Fortaleza)
Guararapes (Recife)
Val-de-Cans (Belém)
Santa Genoveva (Goiânia)
Salgado Filho (Porto Alegre)
Congonhas (São Paulo)
Galeão (Rio de Janeiro)
Santos Dumont (Rio de Janeiro)
Luis Eduardo Magalhães (Salvador)
Internacional de São Paulo (Guarulhos)

Tamanho permitido das bagagens
De acordo com a Abear, associação que reúne as aéreas brasileiras, o objetivo da medida é agilizar o fluxo dos clientes nas áreas de embarque e evitar atrasos.

Desde o início da cobrança pelas bagagens despachadas, muitos passageiros têm optado por levar apenas malas de mão – por vezes com dimensões excessivas –, causando transtornos na hora do embarque na aeronave.

Antes de entrar nas áreas de embarque, os passageiros terão que verificar se o tamanho e o peso das bagagens estão de acordo com os padrões definidos pelas companhias: 55 centímetros de altura, 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade, com até 10kg.

Nas companhias participantes – Latam, Gol e Avianca Brasil – o valor da bagagem despachada varia entre R$ 59 e R$ 220. A Azul deixou a Abear no início deste mês.

Reclamações contra as empresas áreas podem ser feitas pelo site consumidor.gov.br

Senado aprova 100% de capital estrangeiro nas aéreas e isenta cobrança bagagem

Medida contra a cobrança aprovada no Congresso
O Senado aprovou nesta quarta-feira (22) uma medida provisória que prevê gratuidade para bagagem de até 23 quilos em aviões com capacidade acima de 31 lugares, nos voos domésticos. Esse trecho não estava no texto original da MP, mas foi sugerido pelo relator da proposta, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), e, por meio de um destaque, aprovado pelos deputados durante votação nesta terça-feira (21).

A proposta segue para a sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro. O chefe do Executivo tem a prerrogativa de vetar trechos da proposta.

A análise da MP precisava ser feita pelo Senado nesta quarta-feira. Por se tratar de uma medida provisória, o texto tem força de lei desde que foi publicado, em dezembro de 2018 pelo ex-presidente Michel Temer, mas precisava ser aprovado pelo Congresso no prazo de 120 dias. Caso contrário, as regras deixariam de valer.

Fonte: G1/Bahia

A Natura Cosméticos anunciou que chegou a um acordo para a compra da Avon Products, Inc em uma operação de troca de ações.

Uma nova sociedade, a holding Natura &Co, será criada para controlar todas as ações da Avon e da Natura, como resultado de uma reestruturação societária. A nova sociedade será detida 76% pelos acionistas da Natura e 24% pelos acionistas da Avon. As ações serão listadas no segmento Novo Mercado da bolsa de São Paulo, B3.

De acordo com comunicado feito pela Natura, quando concluída, a aquisição a tornará a quarta maior empresa de beleza do mundo. O Brasil já é o maior mercado da Avon. Juntas, as empresas terão a liderança na venda por relações, com mais de 6,3 milhões de representantes e consultoras e presença global com 3,2 mil lojas.

Com a Avon, a Natura &Co terá faturamento anual superior a 10 bilhões de dólares, mais de 40 mil colaboradores e presença em cem países. A Natura &Co espera que a combinação desses negócios resulte em sinergias estimadas entre 150 milhões de dólares e 250 milhões de dólares anuais, que devem em parte ser reinvestidas para aumentar ainda mais sua presença nos canais digitais e mídias sociais, em pesquisa e desenvolvimento, iniciativas de marca e expansão da presença geográfica do grupo, diz o comunicado.

Para a transação, a Natura obteve financiamento junto com o Banco Bradesco, o Citigroup Global Markets e o Itaú Unibanco S.A. de 1,6 bilhão de dólares. O valor será usado como contrapartida a ser paga aos detentores de Ações Preferenciais Série C da Avon.

Com os primeiros rumores sobre a aquisição, as ações da Natura abriram o dia em queda de 6%. O Financial Times publicou que o negócio avaliava o grupo brasileiro em torno de 2 bilhões de dólares.

Logo em seguida, a brasileira anunciou que negociava a compra da concorrente por meio de troca de ações, provocando uma reviravolta nos papéis, que fecharam o dia em alta de 9,43%.

Fonte: Exame Uol

O cantor Agnaldo Timóteo segue internado, nesta quarta-feira (22), na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador. Ainda não há previsão de alta médica.

O filho e assessor do cantor, Márcio Timóteo, informou que ele está estável. "Ele está bem, graças a Deus. Acordou, conversou e tudo. Ele ainda está meio sonolento por conta dos medicamentos, mas já fez o ecocardiograma e durante a tarde vai fazer mais alguns exames", disse.

Márcio contou ainda que Agnaldo Timóteo mantinha a pressão arterial sob controle com ajuda de remédios, mas no dia em que passou mal não havia tomado a medicação.

"Ele já controlava [a pressão alta] com remédios. No domingo [19], infelizmente, como ele é muito teimoso, ele não tomou o remédio. Acredito que isso também tenha agravado o quadro dele', ponderou.

Agnaldo foi transferido de Barreiras, na região oeste do estado, para a capital baiana na terça-feira (20), um dia após ser internado por conta de um princípio de AVC (acidente vascular cerebral).

"Ele começou vomitando e eu vi que não era uma coisa normal, aí eu chamei o pessoal do Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência]. Eles fizeram o primeiro atendimento, depois levaram ele até a UPA [Unidade de Pronto Atendimento]. Da UPA viram que tinha uma necessidade de transferir para um hospital geral de lá da mesma região. Transferiram para lá e viram que ele teve um princípio de AVC [acidente vascular cerebral]. Como lá não tinha os equipamentos adequados para fazer o atendimento, transferiram para o [Hospital Geral] Roberto Santos", lembrou Márcio.

O diretor-geral do Hospital Geral Roberto Santos, André Durans, disse que o cantor não tem previsão de alta médica, nem deve ser transferido para São Paulo, como a família queria inicialmente.

"É um estado delicado, que exige que ele permaneça em uma unidade de terapia intensiva e, por enquanto, sem previsão de alta. Conversei com os familiares e aqui a gente tem um centro de referência no atendimento do AVC. Nós temos especialistas extremamente habilitados nesse cenário e os familiares entenderam que, no momento, o risco desse transporte, da altitude, de colocar o paciente em uma aeronave, não justifica ele ser transferido", pontuou.

Caso

O cantor Agnaldo Timóteo, de 82 anos, foi internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barreiras, cidade no oeste da Bahia, na tarde de segunda-feira (20), após ter um mal-estar.

Ele foi levado para a UPA pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O artista estava na Bahia para cumprimento de agenda e segue por conta da internação. Ele foi transferido para Salvador na terça-feira (21), onde está hospitalizado.

Internado, Agnaldo gravou um vídeo falando que não se sentia seguro para a apresentação e pediu para que o show, que começaria às 23h, fosse realizado outro dia. [Assista ao vídeo acima]

"Não me senti seguro. O médico também não autorizou. Achou que é melhor eu ter precauções. Ou fazemos amanhã, ou lamentavelmente não terei o privilégio de estar com vocês", disse o cantor.

O vídeo foi gravado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barreiras, a cerca de 160 km de Santa Rita de Cássia, para onde Agnaldo Timóteo foi encaminhado logo após passar mal.

Fonte: G1/Bahia

O cantor Leo Santana e a dançarina Lorena Improta terminaram mais um vez o noivado segundo informações obtidas pela jornalista Andrea Corazza, do “TV Fama”, da Rede TV.

De acordo com a profissional, Lore, que foi uma das convidadas do casamento de Carlinhos Maia que aconteceu nesta terça-feira (21), revelou para alguns convidados que os dois já não estão mais se relacionando.

“Lorena teria confidenciado com amigos próximos, ela estava no casamento de Carlinhos Maia e ela teria confidenciado que sim, teria chegado ao fim mais uma vez. É uma pena, eles fazem um casal tão bonito, pareciam tão apaixonados. Vamos apurar melhor essa história”, disse a repórter.

Vale lembrar que entre términos e voltas, os dois já se separaram enquanto noivos em julho de 2018 e retornaram como namorados em outubro do mesmo ano.

O noivado foi oficializado mais uma vez em dezembro, quando eles passaram o Natal juntos e voltaram a usar alianças. Em março, Leo chegou a brincar com a noiva sobre um futuro casamento e esclareceu que o pedido já tinha sido feito muito tempo antes da viagem romântica que os dois fizeram para vários países.

 

Pagina 1 de 83

Ad2