Quinta-feira, 25th Abril 2019
5:54:11am
Suspeito de matar filha de 11 anos que foi defender a mãe é achado morto na Bahia

Suspeito de matar filha de 11 anos que foi defender a mãe é achado morto na Bahia

O homem suspeito de matar a tiros a filha de 11 anos que foi defender a mãe, durante uma discussão entre o casal, em Muritiba, no recôncavo da Bahia, foi achado morto na noite de quarta-feira (10), em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador.

Michele Magalhães Rodrigues foi morta na noite de domingo (7), no povoado de São José de Itaporan. O outro filho do casal, de cinco anos, também foi atingido pelos disparos, mas sobreviveu.

Após o crime, Lucival de Oliveira Rodrigues, conhecido como "Buti da Rifa" fugiu do local.

De acordo com a SSP-BA, Lucival, que até então era considerado foragido, foi encontrado morto em um condomínio no bairro Caji. Segundo a polícia, a principal suspeita é de que ele tenha cometido suicídio.

Segundo a SSP-BA, equipes da Delegacia Territorial de Muritiba, que apura a morte da criança, receberam a informação de que o homem estava escondido em Lauro de Freitas. Policiais foram até o local mas, ao chegarem, encontraram Lucival morto.

Itens relacionados (por tag)

  • Homem invade casa durante perseguição policial e faz mulher refém na Bahia; vítima é liberada após negociação

    Um homem fez uma mulher refém no bairro de Portão, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, na manhã desta quinta-feira (18). A polícia esteve no local, e a vítima foi liberada após a negociação, conforme informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). Ninguém ficou ferido na ação.

    Segundo informações da SSP-BA, o suspeito, identificado como Marcos Vinícius Santos Longo, de 21 anos, estava armado quando invadiu e se escondeu em uma casa na Rua do Cemitério. A situação ocorreu quando Marcos fugia de uma perseguição policial da 52ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Lauro de Freitas) e Rondesp RMS, no bairro de Portão.

    Durante a perseguição, o rapaz, que segundo a polícia possui passagem por tráfico de drogas, ficou cercado pela polícia e fez a moradora do imóvel de refém. Segundo informações de familiares do suspeito, a mãe dele mora na casa de baixo da casa da vítima.

    Segundo a SSP-BA, o processo de negociação foi iniciado por volta das 5h30 e, por volta das 7h30, a vítima foi libertada. Entretanto, informações apuradas pela equipe da TV Bahia, que esteve no local desde o início do caso, a vítima foi feita refém por cerca de cinco horas, desde às 3h de quinta-feira. Marcos foi preso.

    Os pais de Marcos foram chamados ao bairro e também participaram do momento de negociação. "Ele falou comigo via Whatsapp. Quando cheguei o pessoal [a polícia] não deixou eu entrar para eu conversar com ele. Ele só disse para mim: 'o muro caiu'. E eu só ouvi o policial gritando: 'saia, saia'. Eu não apoio isso, mas a gente precisa tirar ele daí com vida para que ele pague pelo que fez", disse o pai do rapaz.

    Segundo a polícia, a arma que estava com o suspeito, uma pistola calibre 40, tinha o brasão da Polícia Civil de São Paulo. Ainda foram achados com ele carregador, munições e porções de drogas.

    "Ele estava com a pistola que pertence ao estado de São Paulo, e posteriormente será identificado como ele conseguiu a arma. As informações que tivemos é que ele entrou em confronto com a tropa da Rondesp e entrou no imóvel. Ele queria sair com garantia de vida. Utilizamos os protocolos, e ele entendeu que era melhor sair em uma situação negociada. Quando tem uma situação negociada, a gente não entra [no imóvel], ele é quem sai. Depois fazemos uma varredura no local", explicou o capitão da PM, Luiz Henrique, que fez a negociação com Marcos Vinícius.

    A negociação e toda ação policial contou com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da 52ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Lauro de Freitas) e da Rondesp RMS.

    Fonte: G1/Bahia

  • Homem mata a filha de 10 anos e atira no filho de 5 durante briga com a esposa

    Um homem de 33 anos matou com dois tiros a filha de 10 anos e baleou o filho de 5 durante uma briga com a esposa na zona rural de Muritiba, no Recôncavo Baiano, na noite deste domingo (7).

    A Polícia Civil informou que Lucival de Oliveira Rodrigues, conhecido como Buti da Rifa, atirou na filha após a menina tentar separar a briga entre ele e a mãe, Darlene dos Santos Magalhães. O casal discutiu por ciúmes de Lucival, que desconfiava que a esposa o traia, diz a polícia.

    O relato policial informa ainda que a menina, Michele Magalhães Rodrigues, levou um tiro nas costas quando estava na sala de casa, correu, bateu na porta e caiu numa área de terra na frente da residência, quando recebeu o “tiro de misericórdia” na cabeça, informou um agente que pediu para não ter o nome divulgado.

    Para a Polícia Civil, ficou evidente o crime de execução do próprio pai com a filha. Já o menino, Michel Magalhães, foi baleado quando corria para fora de casa, durante a confusão. Vizinhos do casal relataram à polícia terem ouvido entre quatro e cinco tiros.

    muritiba- pai mata filha

    Ainda não está confirmado, mas a polícia desconfia que o homem tenha usado um revólver calibre 38 para cometer os crimes, e que só não foram disparados mais tiros porque as balas do tambor acabaram.

    O casal estava junto há 12 anos e morava na localidade de Mil Peixes, distrito de São José, a cerca de 30 km da sede de Muritiba. Lucival está foragido. O menino de 5 anos foi internado no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e não corre risco de vida.

    Ainda de acordo com a polícia, Lucival promoveu um churrasco neste domingo para comemorar com a família e amigos o fato de ninguém ter acertado o bilhete da rifa que ele havia feito de uma moto. Lucival passou o dia bebendo álcool.

    O casal iniciou as discussões logo após os convidados da festa irem embora. Durante a briga, Lucival ainda empurrou a própria mãe em cima dos móveis da casa, e a mulher desmaiou. Foi quando a menina de 10 anos tentou intervir.

    Relatos de vizinhos e da família feitos à polícia dão conta de que Lucival era conhecido como uma pessoa boa, sem se envolver em confusão ou causar problemas. Contudo, dentro de casa, ele vinha tendo discussões com a esposa por conta de ciúmes.

    O caso foi registrado na Delegacia de Cruz das Almas, responsável pelo plantão regional de final de semana, e será investigado pela delegada Ana Neide Vieira Brito, titular em Muritiba.

    Darlene dos Santos Magalhães, segundo a polícia, chegou a prestar esclarecimentos sobre o caso, mas por conta do estado emocional, o depoimento dela ficou de ser realizado em outro momento.

    Lucival está foragido. O menino de 5 anos foi internado no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e não corre risco de vida.

    Com informações do Correio24horas

  • Lauro de Freitas: Posto de saúde suspende atendimento por infestação de pulgas

    Uma infestação de pulgas fez com que o posto de saúde da cidade de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, suspendesse o atendimento a pacientes. Conforme a prefeitura, a unidade está fechada desde a manhã desta terça-feira (12). No entanto, moradores relatam que o atendimento foi interrompido na tarde de segunda-feira (11).

    A Unidade de Saúde da Família Antônio Carlos Rodrigues fica no bairro de Areia Branca e oferece atendimentos como consultas, curativos e vacinação. Conforme informações iniciais da prefeitura, gatos invadiram o posto, fizeram uma ninhada no telhado, e levaram pulgas para o local.

    "Infelizmente tinha muita pulga, até na mesa. As pessoas saíam com os pés cheios de pulgas, ninguém conseguia ficar aqui ontem [segunda-feira]. Até nos cabelos das pessoas tinham pulgas eu vi as pessoas se coçando", disse uma paciente.

    A prefeitura informou que a previsão é de que o posto seja reaberto na quarta-feira (13) pela manhã. Os moradores da região, contudo, reclamam da suspensão dos atendimentos.

    A autônoma Hortência de Jesus Souza diz que desde segunda-feira busca vacinação para os filhos, mas não consegue.

    "Vim vacinar meus filhos desde ontem à tarde. Pela manhã estava normal, aí pela tarde fecharam por conta das pulgas. Não me disseram o dia em que vão retornar, mas hoje não está tendo nada", relatou.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Ad2