Domingo, 29 de Novembro 2020
10:00:08am
ACM Neto diz que ainda estuda liberar acesso às praias aos sábados

ACM Neto diz que ainda estuda liberar acesso às praias aos sábados

O prefeito de Salvador, ACM Neto, comentou nesta quinta-feira (22) a possibilidade de ampliar a flexibilização do acesso às praias em Salvador. Mais um dia seria incluído na liberação aos banhistas, que atualmente ocorre apenas de segunda a sexta. A decisão, porém, ainda não tem data para acontecer.

"Estamos nos preparando para liberar as praias aos sábados", explicou o prefeito, que disse que os domingos e feriados serão liberados posteriormente. "Vamos esperar mais um pouco pois tudo o que está sendo feito tem mostrado bom resultado. Vamos nesse compasso de dar passadas seguras e agindo com cautela e prudência", justificou o prefeito ao comunicar que o anúncio da liberação da praia aos sábados ainda não seria feito na entrevista coletiva que realizará nessa sexta (23).

Na entrevista, o prefeito revelou que também já está em sendo discutido um acordo entre a prefeitura e as empresas de transporte público da cidade para a retomada em 100% da frota de ônibus nos horários de pico no trânsito.

"Vamos ter de adequar o transporte público, aumentar a frota, que está hoje em 80%. Estamos na formaização do acordo de um TAC [Termo de Ajustamento de Conduta]. Nós pretendemos, já agora, independente da volta às aulas, garantir 100% das frotas nos horários de pico nas estações da cidade. Já queremos garantir depois de assinar acordo com as empresas", disse.

O acordo pressupõe a renovação da frota, com ar-condicionado. ACM Neto negou que a retomada da frota implique no aumento da passagem de ônibus. 'Enquanto eu for prefeito não haverá aumento de tarifa", disse. O mandato de ACM Neto encerra no fim de dezembro deste ano.

Segundo ACM Neto, o Ministério Público do Estado, que havia recomendado o retorno da totalidade da frota na cidade, está acompanhando a assinatura do acordo com as empresas. "Quando houver a retomada da educação, mesmo fora do horário de pico, a frota vai aumentar gradativamente até chegar a 100% em todos os horários", disse o prefeito. "Tudo vai depender de quando e como voltar", disse.

Itens relacionados (por tag)

  • Bahia registra 22 mortes e 1.919 novos casos de covid-19 em 24h

    A Bahia registrou 22 mortes e 1.919 novos casos de covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) em 24h, de acordo com boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) no final da tarde desta sexta-feira (27). No mesmo período, 1.649 pacientes foram considerados curados da doença (+0,4%).

    Dos 394.300 casos confirmados desde o início da pandemia, 377.107 já são considerados recuperados, 8.986 encontram-se ativos.

    Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

    Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (24,84%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (9.195,40), Aiquara (6.882,59), Itabuna (6.848,23), Madre de Deus (6.826,91), Almadina (6.789,90).

    O boletim epidemiológico contabiliza ainda 794.454 casos descartados e 103.192 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta sexta.

    Na Bahia, 31.301 profissionais da saúde foram confirmados para covid-19.

    Óbitos
    O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 22 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da covid-19.

    Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

    O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.207, representando uma letalidade de 2,08%.

    Perfis
    Dentre os óbitos, 56,37% ocorreram no sexo masculino e 43,63% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,62% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,22%, preta com 14,85%, amarela com 0,72%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,48% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,71%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,05%).

    A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

  • Vagão de trem descarrila após deixar a plataforma de Paripe

    Um vagão do trem do Subúrbio descarrilou na manhã desta sexta-feira (27), após sair da plataforma de Paripe, sentido Calçada.

    Por meio de nota, a Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB),  responsável pelo transporte, informou que o trem descarrilou a 50 metros da saída da plataforma de Paripe. 

    Ainda segundo a operadora, equipes foram deslocadas até o local para colocar trem no trilho e restabelecimento do tráfego, sem prazo para término do serviço. O trecho para trecho Coutos/Calçada está liberado.

    Ninguém ficou ferido e o dinheiro da passagem foi devolvido aos passageiros que optaram pelo reembolso.

     

    Um vagão do trem do Subúrbio descarrilou na manhã desta sexta-feira (27), após sair da plataforma de Paripe, sentido Calçada.

    Por meio de nota, a Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB),  responsável pelo transporte, informou que o trem descarrilou a 50 metros da saída da plataforma de Paripe. 

    Ainda segundo a operadora, equipes foram deslocadas até o local para colocar trem no trilho e restabelecimento do tráfego, sem prazo para término do serviço. O trecho para trecho Coutos/Calçada está liberado.

    Ninguém ficou ferido e o dinheiro da passagem foi devolvido aos passageiros que optaram pelo reembolso.

  • Imetame pretende ampliar sua unidade para produzir energia elétrica em Camaçari

    O grupo capixaba Imetame, deve investir até R$ 285 milhões na ampliação da Usina Imetame Termelétrica, no município de baiano de Camaçari. A unidade que vai produzir energia elétrica, através do gás, pretende manter os 24 empregos diretos e 60 indiretos, além de promover a geração de outros 17 postos de trabalho. A expansão consiste na instalação de nova unidade UTE Prosperidade II, que tem 37 megawatt (MW) e UTE Prosperidade III de 50MW. Somadas à capacidade instalada atual de 28 MW a termelétrica totaliza 115MW. O protocolo de intenções foi assinado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), na quinta-feira (26).

    "No começo de novembro, a Imetame Energia, empresa do grupo, responsável pela operação de toda parte de extração, tratamento e escoamento do gás, assinou protocolo de intenções conosco. A energia será produzida através do gás extraído, no qual é removido do sub-solo por método de elevação, que passa por um processo de tratamento para retirada de líquidos. O gás tratado na superfície é enviado via tubulação para Usina Termelétrica, servindo de insumo para geração de energia", explica o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.

    "A ampliação do campo de gás e da futura implantação da usina termelétrica, de forma macro, garante maior segurança ao sistema energético com mais disponibilidade de energia. E de forma local, dá oportunidade a pequenos negócios de desenvolvimento, bem como circulação e distribuição de riqueza, transformando oportunidade em prosperidade, evidenciando o município e o Estado como área produtora de gás e geradora de energia em âmbito nacional", destaca o diretor Operacional da Imetame, Giuliano Favalessa.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.